Tag: cesarea

Retrocesso obstétrico
11/06/2019 - 20h26

Mulheres reagem a projeto de Janaína Pascoal que incentiva cesariana

Proposta da deputada estadual do PSL, criticada pelo Conselho de Enfermagem e pela Defensoria Pública, contraria orientações da Organização Mundial de Saúde
Literatura
11/02/2018 - 10h57

Direitos reprodutivos das mulheres são tema de livro infantojuvenil

'A Rainha e os Panos Mágicos', de Janaína Leslão e Deborah Delage discute as cesáreas desnecessárias que não poupam nem as rainhas dos contos de fadas
nova norma
21/06/2016 - 11h42

Cesareana a pedido da mulher só será permitida a partir da 39ª semana de gestação

Especialista vê mudança como positiva, mas lembra que decisão pela cesárea não dependem apenas das mulheres, mas também do médico, e cobra mudanças nas práticas relacionadas ao parto
21/06/2016 - 08h55

Cesárea a pedido da mulher será permitida a partir da 39ª semana de gestação

O Conselho Federal de Medicina decidiu que cesáreas a pedido da paciente só poderão ser feitas a partir da trigésima nona semana de gestação. Até agora, a idade gestacional mínima para fazer a intervenção cirúrgica era 37 semanas de gravidez. A decisão que visa a garantir desenvolvimento do bebê será publicada esta semana. A entidade também estabelece a possibilidade do médico se recusar a atender o pedido da gestante, caso avaliar que a escolha do tipo de parto não é a mais segura diante das condições do bebê. Deborah Delage doutora em ciências na Faculdade de Saúde Pública da Usp e ativista do Parto Princípio fala sobre as novas regras para a realização da cesárea. Reportagem de Anelize Moreira (Foto: Agência Brasil)
12/01/2015 - 10h27

Gestante poderá optar por cesárea,mas convênios cobrirão apenas procedimentos necessários

O Ministério da Saúde e Agência Nacional de Saúde Suplementar publicaram, na última semana, uma resolução que estabelece normas para estímulo do parto normal e a consequente redução de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar na rede privada. Porém, há uma discussão a respeito do direito de escolha da gestante pelo procedimento cirúrgico. A ANS e pesquisadoras da área da saúde esclarecem a polêmica. Reportagem de Anelize Moreira
08/01/2015 - 10h49

Cesarianas agendadas traz riscos à saúde da mãe e do bebê, explica diretor da ANS

Para reduzir o número de cesáreas desnecessárias na rede privada, o governo federal publicou, novas regras nesta quarta-feira (7) para estimular o parto normal. Com as modificações o médico terá que justificar a necessidade da escolha do procedimento cirúrgico. Os planos de saúde terão 180 dias para se adequar às medidas anunciadas pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. As novas regras visam estimular o parto normal na rede privada e pretendem reduzir os riscos à saúde da gestante e ao bebê que eram submetidos a cirurgia sem necessidade, é o que explica diretor adjunto da Ans, João Luiz Barroca. Reportagem de Anelize Moreira

últimas notícias

Mais Lidas