Home Política Maioria rejeita governo Bolsonaro, Eduardo embaixador, garimpo em terra de índio e conluio de juiz com acusador
Pesquisa

Maioria rejeita governo Bolsonaro, Eduardo embaixador, garimpo em terra de índio e conluio de juiz com acusador

Pesquisa feita pela consultoria Atlas Político traz reprovação a Bolsonaro subindo de 22% em fevereiro para 39% em julho
Publicado por Paulo Donizetti de Souza, da RBA
20:15
Compartilhar:   
Fabiano Maisonnave/Folhapress

A exploração de recursos minerais em terras indígenas e rechaçada pelos brasileiros

São Paulo – A maioria dos brasileiros, segundo pesquisa do final de julho da consultoria Atlas Político, reprova de maneira contundente algumas ações do governo de Jair Bolsonaro, como a intenção de alterar a legislação para autorizar a exploração de garimpo em terras amazônicas. Ou nomear um filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, embaixador do Brasil nos Estados Unidos. O garimpo contraria a opinião de quase 82% dos entrevistados. Eduardo embaixador incomoda 63%. O levantamento ouviu 2 mil pessoas. E constatou também que:

O governo Bolsonaro é considerado ruim/péssimo por 39,3%. Em fevereiro, eram 22,5%. E 31% que o avaliam como bom/ótimo; ante 38,7% há cinco meses.

A imagem do ministro da Justiça, Sergio Moro, é negativa para 40,8% dos entrevistados; em fevereiro, era 29,6%. A imagem positiva, de 61,5% há cinco meses, caiu para 51,4%.

O apoio à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva caiu de 57,9% para 51,7%. A rejeição à prisão subiu de 33,1% para 37,4%.

Quatro em cada cinco entrevistados tiveram conhecimento das conversas entre juiz e acusadores da cúpula da Operação Lava Jato. Os que acreditam na autenticidade das revelações são 41,8%, enquanto 32,7% duvidam. Mais de 55% condenam a relação de Moro com os procuradores, enquanto 31,2% acham certo isso.

A maioria dos entrevistados, 47,8%, apoia a permanência do diretor do The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, no Brasil. São  27,9% os que aprovariam sua deportação.

Veja a pesquisa completa