Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 09 / Orestes Quércia deve retirar sua candidatura nesta segunda

Orestes Quércia deve retirar sua candidatura nesta segunda

O candidato vai se reunir com lideranças da legenda no Hospital Sírio-Libanês
por Redação da RBA publicado , última modificação 06/09/2010 12h24
O candidato vai se reunir com lideranças da legenda no Hospital Sírio-Libanês

São Paulo - O ex-governador Orestes Quércia (PMDB) deve anunciar nesta segunda-feira (6), a desistência da candidatura ao Senado por São Paulo. O peemedebista tomou a decisão após constatar a volta de um câncer de próstata. A renúncia será discutida nesta segunda em reunião no Hospital Sírio-Libanês, onde Quércia está internado. 

A coligação Unidos por São Paulo (PSDB/PMDB/DEM/PPS/PSC/PHS/PMN) fica com somente um candidato a senador, o tucano Aloysio Nunes Ferreira, ex-secretário chefe da Casa Civil do governo José Serra. Provavelmente Aloysio deve herdar o tempo de TV do ex-governador.

A saída de Quércia acontece em um momento de disputa acirrada, segundo último Datafolha o ex-governador está tecnicamente empatado com o candidato do PCdoB Netinho de Paula, com respectivamente 26% e 28%.

Deverão participar da reunião o vice presidente estadual do partido, Jorge Caruso, o prefeito de Araraquara, Marcelo Barbieri, e o candidato Aloysio Nunes.

registrado em: , ,