Guerra suja

Às vésperas das eleições, blogues progressistas do Nordeste viram alvo de hackers e censura

Veículos importantes da região sofrem sucessivos ataques cibernéticos e cobertura das eleições está comprometida. Jornalistas acusam tentativas de intimidação

Arquivo Pessoal
O jornalista Magno Martins (à direita), o mais atingido pelos ataques cibernéticos contra mídia progressista em Pernambuco, registrou boletim de ocorrência

Brasília – O Blog do Magno, do jornalista Magno Martins, um dos mais acessados do Nordeste e conhecido na mídia nacional, é alvo de sucessivos ataques de hackers desde a última quarta-feira (11), ficando várias horas fora do ar. O jornalista já acionou a Polícia Federal e a delegacia de crimes cibernéticos de Pernambuco. A cada vez que o sistema volta ao ar, novos ataques são feitos, apesar dos esforços do suporte técnico.

Para Magno, o ataque é uma forma de censurar seu trabalho, nas vésperas das eleições municipais. Martins também ancora o programa Frente a Frente, da Rede Nordeste de Rádio, que é veiculado em 62 emissoras de cinco estados da região e tem um público diário de aproximadamente 3 milhões de ouvintes.

Além de vir realizando um trabalho detalhado de cobertura das campanhas eleitorais nas principais cidades nordestinas, o jornalista também é autor de reportagens críticas da conduta de vários candidatos. Escândalos de corrupção e de condutas irregulares durante as campanhas eleitorais são temas frequentes de suas matérias.

“Foram cerca de 100 mil ataques covardes de hackers na quarta-feira (11), e outros, 30 vezes mais poderosos, ontem (12), que tiraram o blog do ar. A equipe de suporte da empresa que hospeda o blog identificou ataques a partir dos Estados Unidos na quarta-feira, enquanto os de ontem foram identificados em território nacional”, afirmou o jornalista.

Leia também: ‘Diálogos do Sul’ recupera vídeos depois de ter canal invadido no YouTube

Magno montou um amplo esquema de cobertura para as eleições deste domingo, com repórteres em praticamente todas as cidades de Pernambuco, além de equipes de jornalismo em outros estados nordestinos e correspondentes em Brasília – neste último caso, para acompanhar a apuração a partir do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A interrupção dos trabalhos do blog por ataques de hackers, além de acarretar prejuízos financeiros, vai deixar sem informações ouvintes que há semanas contam com seu canal para acompanhar os resultados das apurações. “Sinceramente, não temos a menor noção (da identidade) dos patrocinadores de tamanha maldade e covardia”, acrescentou ele.

Ameaças a blogueiros

Entre profissionais de ciência da comunicação, o ataque está sendo visto, nestas eleições, como mais uma forma de censura e de inibir a imprensa independente. Outros casos de ameaças e de assédio moral foram observados no Nordeste. Um dos exemplos ocorreu na manhã desta sexta (13) no município de Vertentes, no agreste de Pernambuco.

Davison Douglas, blogueiro do agreste pernambucano que recebeu ameaças para retirar matéria do ar

O blogueiro Daivison Douglas, bastante acessado na região, foi insistentemente abordado pelo advogado Emanoel Germano, que atua na campanha do atual prefeito do município, Romero Leal (PSDB). Numa forma de intimidação, o advogado exigia a retirada de uma matéria que o dizia ser fake news. Na verdade, Daivison reproduziu em seu blog uma reportagem originalmente publicada pela Carta Capital.

O TSE, que criou um comitê de avaliação de fake news, já está analisando o material postado pelo blogueiro.

Leia também: MPF investiga prefeito e vice pernambucanos por corrupção na Saúde

Edição: Fábio M. Michel


Leia também


Últimas notícias