véspera de eleição

Datafolha em São Paulo: Covas tem 55% e Boulos, 45% dos votos válidos

Variação em relação ao levantamento anterior do Datafolha em São Paulo foi dentro da margem de erro. 13% dos eleitores não declaram voto em nenhum dos dois

RBA

São Paulo – Pesquisa Datafolha para prefeitura de São Paulo divulgada hoje (28) mostra o candidato do PSDB, Bruno Covas, com 55% dos votos válidos, contra 45% do candidato Guilherme Boulos (PSOL), no segundo turno da eleição municipal. O levantamento mostra uma pequena variação dos candidatos, dentro da margem de erro: na quinta-feira (26), Covas tinha 54% e Boulos 46%.

Leia também:

Ibope em São Paulo: Covas 57%; Boulos 43%, dos votos válidos

No votos totais, Bruno Covas tem 48% e Guilherme Boulos tem 39%. Os votos brancos e nulos somam 9% e os que ainda não sabem em quem vão votar são 4%. O número de brancos/nulos e eleitores indecisos é o mesmo do levantamento anterior da pesquisa Datafolha para a prefeitura de São Paulo.

Divulgação
Prefeito e candidato à reeleição pelo PSDB, Bruno Covas, e o candidato do PSOL, Guilherme Boulos, disputam segundo turno da eleição municipal em São Paulo

Desejo de mudança favorece Boulos, diz sociólogo

Em entrevista concedida ao Brasil de Fato, publicada ontem (27), o sociólogo e presidente do instituto Vox Populi Marcos Coimbra disse acreditar que candidatos como Boulos e Manuela podem ter mais votos do que poderiam indicar os últimos levantamentos antes da eleição.

“Quem vai votar no Bruno Covas já tem a escolha definida. É um voto ‘fácil’, por ser um sujeito conhecido, neto do Mário Covas [ex-governador paulista, falecido em 2001]. É um voto encaixado dentro do que o velho senso comum recomendaria”, segundo Coimbra. “A questão é que estamos vivendo outro mundo, e as pessoas sentem que as coisas precisam mudar. Quem diz que está em dúvida é quem está querendo votar no Boulos, mas não admite isso para si mesmo ainda.”