Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 10 / Romney tem três pontos de vantagem sobre Obama, diz pesquisa

Romney tem três pontos de vantagem sobre Obama, diz pesquisa

Candidato republicano ganhou apoio dos eleitores indecisos
por do OperaMundi publicado , última modificação 12/10/2012 08h43
Candidato republicano ganhou apoio dos eleitores indecisos

Mitt Romney, candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, aumentou sua diferença nas pesquisas de opinião contra seu rival, o democrata Barack Obama, que tenta a reeleição. De acordo com levantamento da Ipsos, encomendada pela agência de notícias Reuters e divulgada na quinta-feira (12/10), o ex-governador de Massachusetts tem agora três pontos percentuais contra o atual presidente.

Ele possui 47% da preferência dos entrevistados,contra 44% do rival. A pesquisa foi feita através da internet, a menos de um mês da eleição, que será disputada em turno único, no dia 6 de novembro. Na mesma pesquisa, realizada na semana passada, Romney tinha assumido a liderança dacorrida presidencial pela primeira vez em mais de um mês, com um ponto percentual de vantagem. 

O crescimento de Romney se deve, segundo analistas, à sua vitória no primeiro debate presidencial realizado entre os dois candidatos, especialmente em razão do desempenho considerado passivo de Obama. "A força está na direção de Romney agora", disse a pesquisadora da Ipsos, Julia Clark.

A pesquisadora da Ipsos afirmou que a ascensão de Romney nas pesquisas se deveu também por convencer os eleitores até então indecisos, sem tirar votos dos que já apoiam Obama. E há sinais de que ainda há muitos votos a serem conquistados.

Segundo o levantamento, 16% dos eleitores registrados afirmaram que ainda podem mudar de opinião sobre em quem votar, incluindo 28% dos independentes entrevistados. Já 7% dos eleitores registrados afirmaram que já se aproveitaram dos programas que permitem votar mais cedo, e outros 27% disseram que planejam votar antes do dia da eleição.

A pesquisa online reuniu 1.092 prováveis eleitores e 1.312 eleitores registrados, e foi feita entre os dias 7 e 11 de outubro. A precisão das pesquisas Reuters/Ipsos é medida usando um intervalo de credibilidade. Neste caso, a pesquisa tem um intervalo de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos para eleitores registrados e de 3,4 para prováveis eleitores.