Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 09 / Talibãs atacam base da Otan no Afeganistão

Talibãs atacam base da Otan no Afeganistão

Ação, que culminou com a morte de dois soldados norte-americano, é mais uma represália do mundo muçulmano contra filme que satiriza Maomé
por Agência Brasil publicado 15/09/2012 12h24, última modificação 15/09/2012 12h25
Ação, que culminou com a morte de dois soldados norte-americano, é mais uma represália do mundo muçulmano contra filme que satiriza Maomé

Brasília - Insurgentes talibãs atacaram uma base de alta segurança da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), na província de Helmand, e mataram dois soldados norte-americanos.

O ataque à base de Camp Bastion ocorreu em represália ao filme Inocência dos Muçulmanos, feito nos Estados Unidos, que provocou uma onda de protesto no mundo muçulmano, por satirizar o profeta Maomé e o islamismo.

O movimento que luta contra a presença de tropas internacionais no Afeganistão prometeu novos ataques em todo o país, pelos "insultos ao nosso amado profeta do Islã".

O príncipe Harry, terceiro na linha da sucessão do trono britânico, que foi enviado na semana passada ao Afeganistão, está baseado em Camp Bastion, mas não foi atingido no ataque, de acordo com um porta-voz da Otan.

Os militares da organização querem entender como a base pode ter sido atacada, já que fica no meio do deserto e tem ótima visibilidade de todo o entorno.

A Otan diz que o Talibã conseguiu se aproveitar de uma das fraquezas de Camp Bastion. A base é cercada por um muro, mas os rebeldes acharam um ponto vulnerável no perímetro. Um homem-bomba começou o ataque, que abriu passagem para os demais insurgentes entrarem na base.

O local abriga militares de todos os países com forças no Afeganistão. O setor chamado de Camp Leatherneck, que hospeda os americanos, foi o alvo do ataque surpresa, matando dois fuzileiros navais dos Estados Unidos. Soldados de outros países ficaram feridos.

Os insurgentes usaram morteiros e foguetes na ofensiva, que começou às 22h de ontem (14h30 no horário de Brasília) e durou quatro horas. Aeronaves da Otan e alguns prédios ficaram danificados. O governador da província de Helmand disse que 16 insurgentes do Talibã morreram.

O ataque acontece em meio às operações da Otan para retirada da maioria das tropas estrangeiras do Afeganistão. O prazo para a saída dos soldados é 2014.

registrado em: ,