Você está aqui: Página Inicial / Esportes / 2012 / 01 / Obras do Itaquerão animam Rebelo em sua primeira visita ao estádio

Obras do Itaquerão animam Rebelo em sua primeira visita ao estádio

Ministro do Esporte vai trabalhar para que a Lei Geral da Copa seja aprovada na primeira quinzena de março
por raoniscan publicado 30/01/2012 14h16, última modificação 30/01/2012 17h09
Ministro do Esporte vai trabalhar para que a Lei Geral da Copa seja aprovada na primeira quinzena de março

Ministro Rebelo (à direita) vistoria obras do Itaquerão, com Kassab (esq.) e Andrés Sanchez (Foto: ©Bruno Poletti / Frame_Folhapress)

São Paulo – O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta segunda-feira (30) que as obras do futuro estádio do Corinthians, na zona leste da capital paulista, estão dentro do cronograma. A arena já foi anunciada pela Fifa como palco da abertura da Copa do Mundo em 2014. Acompanhado do presidente licenciado do clube paulista, Andrés Sanchez, e do prefeito Gilberto Kassab (PSD), Rebelo aproveitou para reforçar que a Lei Geral da Copa (Projeto de Lei 2.330/2011) deverá ser votada em breve pelo Congresso.

O ministro ressaltou que a agenda do Congresso não pode ser definida pelo Executivo, mas disse que lutará pela aprovação do projeto até março. Também presente à visita, o relator da matéria, deputado Vicente Cândido (PT-SP), disse que ainda há questões a acertar, por exemplo, no que se refere à meia-entrada para os jogos.

"Estamos finalizando um ou dois pontos ainda de divergência. Creio que esta semana nós concluímos as negociações, podendo votar o texto na Comissão Especial da Copa já na semana que vem. Em seguida a matéria irá para o plenário da Câmara e não terá grande dificuldade (de ser aprovada). Depois, indo para o Senado, o prazo pretendido por todos (para concluir a votação) é realmente o começo de março”, afirmou Cândido.

Tempo curto

Segundo Andrés Sanchez, o ritmo da construção do Itaquerão acelerou e já dá pra falar em superação das metas. "Hoje era para estarmos com 20% das obras concluídas, de acordo com a previsão inicial, mas já temos mais de 25% concluídos", informou o também diretor de Seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ele afirmou que há a possibilidade de o palco de abertura da Copa ficar pronto antes do prazo inicialmente previsto no projeto (dezembro de 2013).

Por sua vez, Rebelo anunciou que o Itaquerão terá isenção tributária do governo federal, nos mesmos moldes já determinados para as arenas de Natal, Belo Horizonte e Rio de Janeiro – no caso de São Paulo, estima, o valor da isenção é de aproximadamente R$ 90 milhões. "Eu assinei essa portaria na sexta-feira (27). Nós fizemos isso em todos os projetos e a medida representa mais investimentos (em estrutura e melhorias no entorno)", afirmou.

O prefeito Kassab assegurou que as desapropriações necessárias para a construção do estádio do Corinthians já foram feitas por conta da obra do complexo viário Jacu-Pêssego, que deverá ser uma das principais vias de acesso ao local.