Diário do Bolso

O coronavírus foi a melhor coisa que me aconteceu neste mês

Diário, como terminou fevereiro, tenho que escolher o meu funcionário do mês. Sabe quem vai ser? Duvido!

ilustração: Ivo Minkoviciu

Diário, como terminou fevereiro, tenho que escolher o meu funcionário do mês. Sabe quem vai ser? Duvido!

Vou dar umas pistas pra facilitar: ele é jovem, dá medo em muita gente, já mandou muitos pro hospital e mata os mais fracos. Não, não é o Adriano Miliciano. Não, também não é a PM do Ceará. Pô, Diário, você está errando mais que o Weintraub quando joga forca.

Outra pista: nessa foto aí, eu e minha turminha estamos fazendo o símbolo dele. Ainda não adivinhou? Diário, hoje você tá mais perdido que a Damares em sex-shop.

É o Coronavírus!

Isso mesmo. O Coronavírus foi a melhor coisa que me aconteceu neste mês. Agora eu vou ter desculpa pra tudo.

O dólar subiu? Coronavírus. A bolsa caiu? Coronavírus. A Saúde está péssima, não tem hospital, ninguém foi na minha manifestação do dia 15? Coronavírus!

Esse treco vai ser a desculpa perfeita. Pode cair o mundo que eu vou dizer que foi por conta dele. Mas, se o tsunami for só uma marolinha, eu digo que foi por causa do meu trabalho, por causa da minha equipe só de técnicos (será que alguém ainda acredita nisso? Não sei, mas vou continuar repetindo), por causa da oração dos meus fiéis seguidores e por causa de Deus, que sempre faz o que peço (eu posso não ser o Messias original, mas sou o adotado, kkk).

Enfim, se a coisa for pro beleléu, eu digo que foi culpa do Corona. Se não for, eu digo que foi graças a mim.

Funcionário bom é assim: fica com a culpa das coisas ruins e dá o crédito das coisas boas pro patrão.

Ah, Coronavírus, tomara que venham outros como você…


@diariodobolso