Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Marta comemora, mas critica baixo nível da campanha

Marta comemora, mas critica baixo nível da campanha

por João Peres, da RBA publicado , última modificação 31/10/2010 21h10

Brasília - A senadora eleita por São Paulo, Marta Suplicy (PT), demonstrou alívio com o encerramento da campanha. Dilma Rousseff (PT), candidata governista, sagrou-se vencedora da disputa. Para Marta, a disputa foi "horrível". Por isso, a ex-prefeita da capital paulista não escondeu a felicidade pelo fim das eleições ao chegar ao hotel de Brasília que recebe a festa da presidente eleita.

“Uma eleição muito manipulada, muito sórdida em termos de internet", desabafou Marta. "Nunca mais quero uma eleição com essa", resumiu. A senadora evitou falar sobre a participação no futuro governo e assegurou que vai trabalhar no Congresso Nacional.

Sobre o trabalho no Legislativo, Marta seguiu a linha geral dos discursos da noite deste domingo (31), de que as prioridades são as reformas tributária e política. Mas ela apontou que, ao longo dos próximos anos, será necessário fazer um debate profundo sobre o aborto, apontado como um dos fatores da campanha de baixo nível.

"Não podemos confundir essa questão de saúde pública, da mulher, com essa manipulação religiosa em época de eleição. Um maniqueísmo que não levou a nenhum progresso em relalação ao que se pensa sobre o assunto no Brasil", defendeu.