PARA FREAR O VÍRUS

Governo da Bahia decreta ‘lockdown’ a partir desta sexta

Nesta quinta, taxa de ocupação dos leitos de UTI na capital, Salvador, chegou a 84%

Jefferson Peixoto/Secom
O decreto prevê o fechamento dos estabelecimentos a partir das 20h de amanhã e a abertura, às 5h da segunda-feira

São Paulo – O governo da Bahia anunciou lockdown em todo o estado a partir desta sexta-feira (26) até a próxima segunda-feira (1º). De acordo com o anúncio do governador Rui Costa (PT), feito hoje (25), a restrição total será aplicada para as atividades não essenciais.

O decreto prevê o fechamento dos estabelecimentos a partir das 20h de amanhã e a abertura, às 5h da segunda-feira. Bares e restaurantes não terão funcionamento presencial em nenhum horário e a venda de bebidas alcoólicas está proibida durante esse período, inclusive em supermercados. Os shoppings também fecharão.

Nesta quinta-feira, a cidade de Salvador chegou a 84% de taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) para adultos. De acordo com o governador da Bahia, o objetivo do lockdown é conter o avanço do coronavírus no estado. “Apesar dos esforços que fizemos até aqui, a situação continua crítica e as unidades de saúde públicas e privadas estão próximas do colapso”, explicou Rui Costa.

Apelo

O governo da Bahia também anunciou medidas para evitar aglomerações no transporte público, durante o dia de amanhã, impondo diferentes horários de encerramento das atividades comerciais. Lojas convencionais de rua encerrarão as atividades às 17h. Bares e restaurantes às 18h e shoppings e centros comerciais, às 20h.

O decreto também proíbe as atividades sociais de qualquer natureza, sejam elas religiosas, esportivas, políticas ou culturais. “Faço meu apelo que baianos e baianas compreendam a importância das medidas e respeitem o decreto estadual. Nosso grande objetivo agora é garantir o distanciamento social nesta fase crítica da pandemia. Temos 195 pessoas, neste momento, aguardando vagas em leitos de UTI na regulação”, pediu o governador.

A situação é preocupante em diversas cidades do estado. Ontem (24), a prefeitura de Guanambi, no sudoeste baiano, já havia anunciado um lockdown, que começará a partir da segunda-feira e durará 10 dias. A prefeitura de Madre de Deus, a cerca de 60 quilômetros de Salvador, também anunciou lockdown, após registrar aumento de 385,1% nos casos ativos de covid-19 em um período recente.


Leia também


Últimas notícias