Você está aqui: Página Inicial / Política / 2018 / 04 / Ana Cañas faz show em ato em defesa de Lula e da democracia em Curitiba

RESISTÊNCIA

Ana Cañas faz show em ato em defesa de Lula e da democracia em Curitiba

“A vigília democrática em Curitiba é permanente, nós só vamos sair daqui quando Lula for solto”, disse o senador Lindbergh Farias. Manifestantes de vários estados já estão na capital paranaense
por Redação RBA publicado 08/04/2018 16h46, última modificação 08/04/2018 17h26
“A vigília democrática em Curitiba é permanente, nós só vamos sair daqui quando Lula for solto”, disse o senador Lindbergh Farias. Manifestantes de vários estados já estão na capital paranaense
abr
anacanas.jpg

A cantora Ana Cañas se apresenta a partir das 17h30 na mobilização em Curitiba: defesa de Lula

São Paulo – A mobilização em defesa da democracia e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realiza hoje (8), a partir de 17h30, ato político com show da cantora Ana Cañas. A informação foi dada no Facebook pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ). “A vigília democrática em Curitiba é permanente, nós só vamos sair daqui quando Lula for solto”, disse Lindbergh.

As bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, atiradas pela Polícia Militar de Beto Richa (PSDB-PR), governador do Paraná, contra os milhares de trabalhadores e trabalhadoras que estavam em frente à Superintendência da Polícia Federal para dar apoio ao ex-presidente Lula, não intimidaram a militância.

“A ação violenta da PM começou no exato momento em que a aeronave que trazia Lula pousou no heliporto da PF. Parecia uma ação planejada para impedir que Lula ouvisse o clamor popular, que soubesse que não estava sozinho, que tinha apoio do povo trabalhador”, afirmou o secretário de Comunicação da CUT, Roni Barbosa, que completou: mas não adiantou nada, mesmo machucados, a maioria permaneceu no local.

E o acampamento montado antes mesmo do ex-presidente chegar a Curitiba na noite deste sábado (7) para a vigília permanente em defesa da democracia e pela liberdade de Lula cresceu mais e já conta com manifestantes vindos dos estados da Bahia, Maranhão, Espírito Santo, Mato Grosso, Santa Catarina, entre outros.

Acompanhe a cobertura do ato:

A presidenta da CUT-PR, Regina Cruz, avisa que ao menos 40 ônibus com caravanas em defesa de Lula livre estão em direção ao local e a concentração aumenta a cada hora. O PT de Minas Gerais, reunido na manhã deste domingo, decidiu organizar 10 ônibus, que sairão amanhã pela manhã rumo a Curitiba. 

“A mobilização está bonita. Já temos uma estrutura de barraca. Muitos companheiros aqui do bairro estão ajudando, abrindo a porta das suas casas. Temos água, comida, nada vai faltar para os companheiros e companheiras. É uma vigília permanente, não tem data nem hora pra terminar. Esse pessoal que está aqui hoje já não sai mais daqui e vai ficar por tempo indeterminado”, afirmou.

Gibran Mendes / Cut-pr caravanas chegam a curitiba.jpg
Caravanas chegam a Curitiba para a defesa do ex-presidente: capital paranaense é o centro da mobilização

 

Com informações da CUT