Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 11 / Dilma diz que no momento adequado anunciará o novo ministério

Dilma diz que no momento adequado anunciará o novo ministério

por Renata Giraldi, Agência Brasil publicado 11/11/2010 09h05, última modificação 11/11/2010 09h12

Seul – A presidente eleita Dilma Rousseff  disse nesta quinta-feira (11) que vai evitar especulações em torno das nomeações do futuro ministério. Ela não adiantou quando será feito o anúncio.

À pergunta se havia convidado o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para continuar no cargo, respondeu que não tratou sobre isso durante a viagem até a Coreia do Sul, cuja duração é de mais de 24 horas.

“Não tratamos disso não. Nem tinha sentido tratar dessa questão (no voo do Brasil para a Coreia). Vou tratar disso quando for tratar de toda a questão (de nomeações), de todo o ministério. Quando for anunciar, vou anunciar direitinho, não vou especular”, afirmou Dilma, que viajou com Mantega em duas etapas – de São Paulo para Frankfurt e de Frankfurt para Seul.

Bem-humorada, a presidenta eleita afirmou que não pretende antecipar medidas que tem em mente para a área econômica. Ela disse que segue os princípios do ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill. De acordo com Dilma, Churchill afirmou certa vez que havia decisões que não deviam ser confessadas nem para si mesmo.

“Se eu tivesse medidas, eu não diria aqui”, afirmou Dilma, dirigindo-se aos repórteres na recepção do hotel em que está hospedada. Em seguida, ela perguntou aos jornalistas: “Vocês conhecem aquela do Churchill? Perguntaram se ele faria tal medida. Ele disse não. Aí, depois, ele tomou a medida e os repórteres perguntaram: mas você disse que não iria tomar a medida. Aí, ele respondeu: há certas medidas que não confessamos nem para nós mesmos”.

registrado em: ,