Home Esportes Chile x Alemanha – Copa das Confederações terá campeão inédito no domingo
dia de decisão

Chile x Alemanha – Copa das Confederações terá campeão inédito no domingo

Seleção sul-americana tenta consagrar sua geração vencedora, enquanto reservas germânicos querem mostrar serviço ao técnico, Joachim Löw, para ir ao Mundial de 2018
Publicado por Redação RBA
14:57
Compartilhar:   
© Ian Walton/Getty Images/Fifa
chile-alemanha.jpg

Neste domingo, Chile ou Alemanha será campeã, pela primeira vez, da Copa das Confederações, na Rússia

São Paulo – A decisão da Copa das Confederações deste domingo (2) vai consagrar um campeão inédito para o torneio. Em sua primeira participação na competição, o Chile chega à final após eliminar nos pênaltis a seleção de Portugal, atual campeã da Eurocopa. Já o “time B” da Alemanha não tomou conhecimento do México, derrotando a seleção de Juan Carlos Osorio, ex-técnico do São Paulo, por 4 a 1.

As duas seleções já se enfrentaram na fase de grupos da competição, quando fizeram um bom jogo no primeiro tempo, mas com queda do nível técnico na etapa final, já que o resultado (empate em 1 a 1) era benéfico para os dois times. Na ocasião, Alexis Sánchez abriu o placar para os chilenos, aos 5 minutos, gol que o fez superar Marcelo Salas no topo dos maiores goleadores da história de “La Roja”. Aos 41, Lars Stindl empatou para os europeus.

Em campo, o Chile, comandado por Juan Antonio Pizzi, tem a melhor defesa do torneio, com somente um gol sofrido, justamente para a Alemanha. O goleiro Claudio Bravo foi destaque da equipe nas semifinais ao defender três pênaltis na decisão da vaga contra a seleção portuguesa.

O arqueiro do Manchester City, aliás, tem um rival direto no outro gol. Ter Stegen é o atual titular do Barcelona e revezava com o chileno na baliza catalã durante a última temporada, atuando na Copa do Rei e na Champions League, enquanto Bravo era o titular no campeonato espanhol. A história mudou após contusão do chileno, quando o alemão assumiu a camisa de titular e o clube espanhol liberou Bravo para a equipe inglesa.

Já a jovem seleção alemã levada à Rússia por Joachim Löw tem no poderio ofensivo sua grande força, tanto que dois de seus jogadores disputam a artilharia da competição: Timo Werner e Leon Goretzka, com três gols cada. Entre as novidades da equipe está Lars Stindl, de 28 anos, meia-atacante do Borussia Mönchengladbach que já marcou dois gols e tem variado entre a meia e o comando de ataque conforme as instruções do técnico. Outro destaque é o meia Draxler, de 23 anos, jogador do Paris Saint-Germain, o mais valioso do time, adquirido pela equipe francesa por € 40 milhões no início de 2017.

Assim, como o Chile, a Alemanha nunca venceu uma Copa das Confederações, ficando em terceiro lugar na edição disputada em seu país, em 2005.

Final da Copa das Confederações 2017

Chile x Alemanha
Domingo, 15h
Stadion Krestovskyi