Home Cultura Mestrinho abre a sanfona para outras sonoridades no novo álbum ‘Grito de amor’
Outros caminhos

Mestrinho abre a sanfona para outras sonoridades no novo álbum ‘Grito de amor’

Acostumado a compartilhar o palco com grandes nomes da música brasileira, Mestrinho, que é o convidado do "Hora do Rango" desta terça-feira, lança seu terceiro álbum solo
Publicado por Luciano Velleda, para a RBA
10:41
Compartilhar:   
Divulgação

No álbum "Grito de amor", Mestrinho leva sua sanfona para passear por um universo mais pop

São Paulo — Sempre apontado como pupilo de Dominguinhos, o sanfoneiro Mestrinho é o convidado do programa Hora do Rango desta terça-feira (6), a partir do meio-dia, na Rádio Brasil Atual. Com sólida carreira na música brasileira, Mestrinho já dividiu o palco com artistas consagrados como o próprio Dominguinhos, Gilberto Gil, Hermeto Pascoal, Elba Ramalho, Zélia Duncan, Geraldo Azevedo, Jorge Aragão, Gabriel O Pensador, Paula Toller, Diogo Nogueira, Elza Soares, Benito di Paula, Zeca Baleiro e Thiago Espirito Santo.

Nascido em 1988, em Itabaiana (SE), Mestrinho tem sua música fortemente relacionada aos ritmos nordestinos, principalmente o forró. Porém, em seu novo álbum, intitulado Grito de Amor, o cantor e sanfoneiro se aventura por novas sonoridades da música brasileira, com uma “pegada” mais pop. O álbum será lançado nas plataformas digitais na próxima sexta-feira (9). 

Nascido numa família de músicos, neto do tocador de oito baixos Manezinho do Carira e filho do sanfoneiro Erivaldo de Carira, aos 6 anos Mestrinho já tocava sanfona e aos 12 começou a fazer shows com bandas da região onde morava. Aos 17 anos se mudou de Aracaju para São Paulo e, junto com a irmã e cantora Thaís Nogueira, criou o Trio Juriti, completado por Scurinho, na zabumba. Dali em diante, não parou mais. Mestrinho acompanhou Dominguinhos em diversos shows pelo Brasil, inclusive em sua última apresentação, em Exu (PE), cidade natal de Luiz Gonzaga. Trabalhou com Elba Ramalho e fez turnês em festivais de jazz com Gilberto Gil.

Grito de Amor é seu terceiro álbum. Antes, ele lançou Opinião (2014) e É tempo de viver (2017). No programa, Mestrinho conta um pouco da sua história na música brasileira, suas influências, a relação com Dominguinhos, além, é claro, de tocar algumas canções.

O programa

Hora do Rango, apresentado por Colibri Vitta e premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), recebe ao vivo, de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, sempre um convidado diferente com algo de novo, inusitado ou histórico para dizer e cantar. Os melhores momentos da semana são compilados e reapresentados aos sábados e domingos, no mesmo horário.