Encontro com boa mesa

João Pedro Stedile e Carmem Silva preparam almoço no Armazém do Campo

Líderes de movimentos populares vão para a cozinha neste sábado (27) para celebrar o novo espaço do Armazém do Campo no centro de São Paulo, ponto de encontro de iniciativas de alimentação saudável, cultura e formação política

Divulgação / MST
Divulgação / MST
Ambiente multifacetado é pensado para promover ideias e valores na construção coletiva de um mundo melhor, mais justo e igualitário

São Paulo – Neste sábado (27), a partir das 9h, o MST celebra o novo espaço do Armazém do Campo e da Livraria Expressão Popular, localizados na região central de São Paulo, na Alameda Nothmann, 806, no bairro dos Campos Elíseos.

O novo espaço é um ponto de encontro para cultura, alimentação saudável e formação, um ambiente multifacetado, pensado para promover ideias e valores na construção coletiva de um mundo melhor, mais justo e igualitário.

O evento será marcado por uma programação diversificada, incluindo o lançamento do livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos, um dos clássicos da literatura brasileira, relançado pela editora Expressão Popular. Estão programados também ato político, atividades lúdicas e apresentações artístico-culturais.

Já para quem gosta de apreciar a culinária da terra, haverá a oferta de um saboroso café da manhã, e almoço preparado por João Pedro Stedile (MST) e Carmen Silva (MSTC), que inclui no cardápio o arroz carreteiro e galinhada com mandioca, ambos com opção vegana.

Armazém do Campo

O Armazém do Campo tem suas raízes fincadas na valorização da agricultura familiar e na promoção de alimentos saudáveis, em uma perspectiva de articulação entre o campo e a cidade. Com produtos vindos diretamente das mãos das famílias assentadas e acampadas da Reforma Agrária.

Com uma loja pioneira criada há oito anos em São Paulo, hoje, o Armazém do Campo é a maior rede de produtos da Reforma Agrária, com mais de 30 lojas espalhadas em todas as grandes regiões do país. Um local que é mais do que um comércio, é um espaço de resistência e solidariedade.

Espaço de convivência nas novas instalações do Armazém do Campo no centro de São Paulo (Foto: Divulgação/MST)

Expressão Popular

A Livraria Expressão Popular, nasceu como editora há 25 anos, e é parte integrante deste novo empreendimento, agora com um espaço de livraria disponível ao público, dedicado à formação intelectual de trabalhadoras e trabalhadores, fomentando a batalha de ideias em meio a correlação de forças da luta de classes.

Como editora, a Expressão Popular tornou-se referência na publicação de obras que abordam questões sociais, políticas e culturais com profundidade e rigor.


Serviço

  • MST celebra novo espaço do Armazém do Campo e Livraria Expressão Popular
  • Sábado, 27 de abril, a partir das 9h
  • Alameda Nothmann, 806 Campos Elíseos – São Paulo – SP



Leia também


Últimas notícias