Home Cultura Chico Buarque, artista brasileiro, ganha Prêmio Camões de literatura
Conjunto da obra

Chico Buarque, artista brasileiro, ganha Prêmio Camões de literatura

Escritor e compositor é o 13º do país a receber a premiação, mas o primeiro do universo musical
Publicado por Vitor Nuzzi, da RBA
17:43
Compartilhar:   
Ricardo Stuckert

Chico aplaude Gil que aplaude Chico após apresentação do Festivel Lula Livre em nos Arcos da Lapa, ano passado

São Paulo – O compositor e escritor Chico Buarque foi escolhido como vencedor da 31ª edição do Prêmio Camões, considerado o mais importante da língua portuguesa. Ele é o 13º brasileiro a receber a premiação, mas o primeiro ligado ao universo musical.  Portugal tem 12 ganhadores, entre eles José Saramago, em 1995. O moçambicano Mia Couto, que esteve recentemente no Brasil, para falar sobre Guimarães Rosa, ganhou em 2013.

Os outros escritores brasileiros a receber o Camões foram João Cabral de Melo Neto (1990), Rachel de Queiroz (1993), Jorge Amado (1994), Antonio Candido (1998), Autran Dourado (2000), Rubem Fonseca (2003), Lygia Fagundes Telles (2005), João Ubaldo Ribeiro (2008), Ferreira Gullar (2010), Dalton Trevisan (2012), Alberto da Costa e Silva (2014) e Raduan Nassar (2016).

A decisão foi anunciada nesta terça-feira (21), durante reunião realizada na Biblioteca Nacional, no centro do Rio de Janeiro. No ano passado, o vencedor foi Germano Almeida, escritor de Cabo Verde.

Chico recebe o prêmio pelo conjunto de sua obra. Ele já foi premiado com o Jabuti pelos livros Leite Derramado (2009), Budapeste (2003) e Estorvo (1991). Em 1995, lançou Benjamin e em 2014, O Irmão Alemão.  Também escreveu as peças Ópera do Malandro e Gota d´Água, além da “novela pecuária” Fazenda Modelo.

Em 2017, depois de seis anos, Chico Buarque lançou o álbum Caravanas, que teve turnê por todo o país e também chegou a Portugal.

No final da música Paratodos, de 1993, ele diz: “Vou na estrada há muitos anos/ Sou um artista brasileiro”.