Home Cultura Performance censurada por Witzel no Rio será realizada na rua nesta segunda
Casa França-Brasil

Performance censurada por Witzel no Rio será realizada na rua nesta segunda

Governo alega que programação de encerramento de exposição Literatura Exposta não estava prevista em contrato. Coletivo classifica ação como censura e pede apoio da classe artística
Publicado por Redação RBA
10:37
Compartilhar:   
Reprodução/És Uma Maluca
exposição Literatura Exposta

Encerramento da exposição Literatura Exposta na Casa França-Brasil foi cancelado pelo governador Witzel

São Paulo – A performance do coletivo És Uma Maluca, que deveria encerrar a exposição Literatura Exposta, na Casa França-Brasil(CFB), no Rio de Janeiro, será realizada na rua nesta segunda-feira (14). A apresentação deveria ter sido realizada no domingo (13), mas foi censurada pelo governador Wilson Witzel (PSC), que mandou a Secretaria de Cultura cancelar o última dia da exposição. 

A performance prevê a atuação de duas mulheres, que farão interações com a obra “A voz do ralo é a voz de deus”. A nudez teria motivado o cancelamento. A Secretaria de Cultura nega, e afirma que a programação de encerramento não estaria prevista no contrato firmado entre o governo e a Casa França-Brasil. Para o coletivo És Uma Maluca, trata-se de censura

A proibição arbitrária por parte da Secretaria Estadual de Cultura nos causa perplexidade e imensa preocupação, pois mais uma vez estamos claramente sendo submetidos à censura. A performance que faríamos seria uma continuidade da proposta apresentada na instalação A Voz do Ralo e a Voz de Deus e já havia sido informada e aprovada pela CFB”, diz o coletivo em nota publicada pelo Facebook.

O És Uma Maluca classifica a medida do governador como “atentado à produção simbólica e cultural” e “tentativa de silenciamento de vozes que provocam crítica e convidam à reflexão”, e convocam demais coletivos e artistas a apoiarem a realização da performance como forma de protesto. Por isso, convidamos a todos para fazermos um ato após a desmontagem da exposição, na segunda (14/01), às 18h, em frente à CFB. VAMOS REALIZAR A PERFORMANCE NA RUA!”