Home Cultura 11º Festival de Cinema Latino-Americano destaca mulheres por trás das câmeras
em São Paulo

11º Festival de Cinema Latino-Americano destaca mulheres por trás das câmeras

Abertura do festival apresenta o inédito 'Mãe Só Há Uma', da diretora paulistana Anna Muylaert, premiada por sua produção anterior, 'Que Horas ela Volta?'
Publicado por Redação RBA
17:55
Compartilhar:   
reprodução/facebook
ana_muylart_.jpg

Anna Muylaert será homenageada nesta edição do festival, que na abertura apresenta seu novo filme

São Paulo – Começa hoje (20) o 11º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo. Serão exibidos 118 filmes, entre eles, 13 inéditos, além de encontros e debates. A sessão de abertura será realizada às 20h30 ao ar livre, no Memorial da América Latina, no bairro da Barra Funda. O escolhido para a primeira reprodução, Mãe Só Há Uma (Anna Muylaert, 2016), apresenta dois focos do ano na mostra: homenagear a diretora paulistana e evidenciar a importância de mulheres atrás das câmeras.

Anna apresenta seu novo longa-metragem nesta sessão especial antes mesmo de entrar em cartaz no circuito comercial, o que acontecerá amanhã. Ela ganhou notoriedade com o sucesso da produção Que Horas ela Volta (2015), consagrado em grandes festivais, como o Grande Prêmio do Júri, em Sundance. “Um conto culturalmente específico com um apelo universal necessário (…) o tipo de filme para agradar o público esclarecido, socialmente consciente”, de acordo com a crítica cinco estrelas da revista norte-americana Variety.

Na abertura do segundo dia do festival, a homenageada participará de um debate com a cartunista Laerte Coutinho, às 11h, mediado pela youtuber Foquinha, no Espaço Petrobras de Encontros do Memorial da América Latina. O evento conta com organização da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, Fundação Memorial da América Latina, Petrobras, Sesc, Spcine, do CCBB e Associação do Audiovisual.

“O festival tem uma série de novidades: tem uma mostra muito grande de cinema mexicano – comédias e dramas; tem uma mostra muito grande do cinema contemporâneo latino-americano e tem uma coisa especial que são as mulheres por trás das câmeras”, afirma o curador e criador do festival, João Batista de Andrade.

Os filmes do festival estão divididos nas seções: Contemporâneos; Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect; Homenagem a Anna Muylaerte; Mostra Cine Negro; Mostra Divas; Doc TV Latinoamérica; Onde Encontrar; e Mulheres Atrás das Câmeras. Além do Memorial da América Latina, sete locais exibirão os filmes: Cinesesc; Circuito Spcine Lima Barreto; Circuito Spcine Olido; CCBB; Circuito Spcine Caminho do Mar; Circuito Spcine Menino e Circuito Spcine Perus. O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc sediará debates sobre o panorama do cinema no continente.

Toda programação e os endereços estão disponíveis na página do festival: www.festlatinosp.com.br/2016

Com informações da Agência Brasil

registrado em: , ,