Home Cidadania Atos e eventos relembram os 50 anos do golpe civil-militar
1964

Atos e eventos relembram os 50 anos do golpe civil-militar

Neste mês e no próximo, atos políticos e artísticos, debates e encontros discutem a deposição de João Goulart em 1º de abril de 1964 e o legado da ditadura que durou até 1985
Publicado por Redação RBA
10:09
Compartilhar:   
reprodução
fimdoesquece.jpg

Cena de Fim do Esquecimento, destaque da programação de eventos sobre os 50 anos do golpe de 64

São Paulo – Neste ano, o golpe aplicado pelas elites econômicas do país com apoio do exército, de setores da Igreja católica e da diplomacia estadunidense contra o presidente João Goulart completa 50 anos e uma bateria de eventos políticos e culturais reforça, desde março e ao longo do mês de abril, a memória sobre o legado do ciclo autoritário que teve início em 1º de abril de 1964 e se impôs pelos 21 anos seguintes. Confira, abaixo, uma lista das atividades programadas para a data.

 

26, quarta

* O Ministério Público Federal, o Cinusp e a Unifesp promovem, de 26 de março a 13 de abril, uma mostra de cinema e seminário. Serão exibidos 26 filmes produzidos de 1971 a 2013, com entrada gratuita, e promovidos 11 debates com diretores, atores, ex-presos políticos e historiadores. As projeções (44, no total) ocorrerão em três endereços: Cinusp (Rua do Anfiteatro, Favo 4, Cidade Universitária), Procuradoria Geral da República da 3ª Região (avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2.020, térreo) e Centro Universitário da Maria Antônia (rua Maria Antônia, 294, 1º andar).

Programação: http://www.prr3.mpf.mp.br/ditadura-militar-noticias/1341-2014-03-18-21-00-47

 

27, quinta

* Biblioteca Nacional – RJ
10h30: O presente do passado, com Dulce Pandolfi (CPDOC-FGV)

14h: imprensa alternativa, com Bruno Brasil (BN), Maria Paula Araújo (UFRJ) e Hugo Belucco (UFF)

15h45: EUA e ditaduras no Cone Sul, com Rafaella Bettanio (BN e CPDOC), Samantha Quadrat (UFF), Norberto Ferreira (UFF) e Tatiana Poggi (UFF)

 

28, sexta

* Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (Fespsp)

Exibição do filme “O Fim do Esquecimento”, de Renato Tapajós, às 19h. Em seguida, debate com o diretor e com o ex-ministro Paulo Vannuchi, o presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, e o presidente da Comissão da Verdade da Assembleia Legislativa de São Paulo, Adriano Diogo.

Debate será mediado pela socióloga Taís Freire, da Comissão da Verdade da Fespsp e do Instituto Macuco.

Rua General Jardim, 522, Vila Buarque

* Biblioteca Nacional – RJ
10h: imprensa literatura, artes e censura, com Pedro Lapera (BN), Flamarion Maués (USP)e Luciana Lombardo (PUC-RJ)

14h: entre a memória e a história, com Luiz Costa Lima (PUC-RJ), Daniel Aarão Reis Filho (UFF) e Rodrigo Patto Sá Motta (UFMG)

– Auditório Machado de Assis da BN (rua México, s/n, centro do Rio)

 

29, sábado

* Audiência pública: Ditadura e Homossexualidade no Brasil

Memorial da Resistência/SP (Largo General Osório, 66, Luz), às 14h

* Exibição do curta “15 Filhos” (Maria de Oliveira Soares e Marta Nehring) e de “Ação entre Amigos” (Beto Brant)

Cine Direitos Humanos – Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Espaço Itaú de Cinema (Rua Frei Caneca, 596), às 11h

 

31, segunda

* Ato diante do antigo DOI-Codi, na rua Tutoia, em São Paulo

https://www.facebook.com/events/1417863918465801/?notif_t=plan_user_invited

* O Colégio Equipe receberá o escritor Marcelo Rubens Paiva, filho de Rubens Paiva, a jornalista e educadora Elza Lobo, presa e torturada pelo exército em 1969, e a psicanalista Maria Rita Kehl, integrante da Comissão Nacional da Verdade. Os fundadores da escola reunirão os alunos na quadra “para relatar a experiência de criar uma nova prática educacional no contexto da ditadura”. O encontro com Elza e MR Kehl será aberto ao público.

Reunião com os alunos: 10h20

Debate: 20h30

– Rua São Vicente de Paula, 374, Higienópolis (3579-9150)

– Programação completa: https://www.facebook.com/ColegioEquipe?hc_location=timeline

* Memorial da Resistência
debate com Marcelo Rubens Paiva e Vera Paiva (14h)

Exibição do documentário “Memórias da Resistência” e debate com o diretor, Marco Antônio Escrivão

http://memorialdaresistenciasp.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=71&Itemid=34

* Ponto de partida
Peça de Gianfracesco Guarnieri. Com Denise Fraga, Lucia Romano, Edgar Castro, Eucir de Souza, Mauricio Marques e Celso Sim. Parceria do Instituto Vladimir Herzog com a Cia Livre.

Terá outra apresentação em 3 de abril. No dia 31, contará com a participação do músico Sérgio Ricardo, autor da música original

TucArena (Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes), em São Paulo, às 21h

1º de abril, terça-feira

* Memorial da Resistência
Exibição dos filmes “Em Nome da Segurança Nacional” e “Fim do Esquecimento”, seguida de debate com o diretor, Renato Tapajós (14h)

* Patética
Peça de João Ribeiro Chaves Neto. Com Renato Borghi, Miriam Mehler, Isabel Teixeira, Élcio Nogueira Seixas e Luciano Chirólli.

TucArena (Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes), em São Paulo, às 21h

2 de abril, quarta

* Ato em homenagem à resistência e luta pela democracia (várias entidades)

Teatro da Universidade Católica (Tuca) – SP, 18h

* Comissão da Justiça do Trabalho da OAB-RJ promove debate sobre relações de trabalho no golpe. Participarão o presidente da Comissão Estadual da Verdade, Wadih Damous, o desembargador do TRT do Rio Gustavo Tadeu Alkmin e o sindicalista Geraldo Cândido (18h)

Informações: 212730-6525 ou no e-mail [email protected]

* Tenho Algo a dizer – memórias da Unesp na ditadura
Mesa-redonda. Convidados: Convidados: Antônio Celso Ferreira (historiador, professor da Unesp-Assis e coordenador do Cedem/Unesp), Maria Ribeiro do Valle (socióloga, historiadora e professora da Unesp-Araraquara). Coordenação: Coordenação: Clodoaldo Meneguello Cardoso (professor de filosofia e coordenador do Observatório de Educação em Direitos Humanos-OEDH/Unesp-Bauru)

Centro de Documentação e Memória da Unesp (Praça da Sé, 108), São Paulo, às 18h30

Confira a programação completa: http://www.unesp.br/portal#!/observatorio_ses

* Patética
Peça de João Ribeiro Chaves Neto. Com Renato Borghi, Miriam Mehler, Isabel Teixeira, Élcio Nogueira Seixas e Luciano Chirólli.

TucArena (Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes), em São Paulo, às 21h

 

3 de abril, quinta-feira

* Instituto Humanitas Unisinos
MemóriasdaResistênciaedaSolidariedade:oMovimentodeJustiçaeDireitosHumanoscontraasDitadurasdoConeSulesuaConexãoRepressiva(17h30)

Palestrante:Jair Krischke

Av. Unisinos, 950 – São Leopoldo (RS) – Sala Ignacio Ellacuria 

* Peça teatral “Liberdade é Pouco”
Cooperativa Paulista de Teatro, integrou em 2013 o Festival de Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo. Traz releituras de trechos de peças e músicas censuradas

Praça da Sé, SP, 19h. Até sábado (5)


* Ditadura civil-militar: memória e resssentimento

Palestra com a psicanalista Maria Rita Kehl, membro da Comissão Nacional da Verdade. Coordenação: Antônio Celso Ferreira (historiador e professor da Unesp)

Centro de Documentação e Memória da Unesp (Praça da Sé, 108), São Paulo, às 18h30

* Ponto de partida
Peça de Gianfracesco Guarnieri. Com Denise Fraga, Lucia Romano, Edgar Castro, Eucir de Souza, Mauricio Marques e Celso Sim.

TucArena (Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes), em São Paulo, às 21h

 

5 de abril, sábado

* Exibição do filme “Em Busca de Iara” (Flavio Frederico)

Cine Direitos Humanos – Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Espaço Itaú de Cinema (Rua Frei Caneca, 596), às 11h

* Diálogo intergeracional – direito à memória e à verdade ontem e hoje

Intervenções artísticas e roda de conversa entre militantes de ontem e de hoje sobre a ditadura e seus reflexos

Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Praça das Artes (Av. São João, 281), às 15h

 

8 de abril, terça-feira

* Instituto Humanitas Unisinos

Exibição e debate do Documentário Ato de Fé (Alexandre Rampazzo) – 15h
Debatedora:professora. Maria Aparecida de Aquino – FFLCH/USP

CaminhosCruzados:ImprensaeEstadoAutoritárionoBrasil(19h30)
Palestrante:professora Maria Aparecida de Aquino – FFLCH/USP

Programação completa: http://www.ihu.unisinos.br/eventos/agenda/410-politica-economica-brasileira-e-o-golpe-civil-militar-de-1964-contexto-e-impactos

* Resistência: imprensa alternativa e editoras de oposição

Mesa-redonda. Convidados: José Luiz Del Roio (ex- senador na Itália, escritor, radialista e membro do conselho internacional do Fórum Social Mundial), Ricardo Carvalho (jornalista, foi repórter de direitos humanos na FolhadeS.Paulo, atuou na TV Cultura como diretor de jornalismo e na TV Globo como editor-chefe do GloboRepórter) e Flamarion Maués (historiador, editor de livros e foi coordenador editorial da Fundação Perseu Abramo). Coordenação: Antonio Celso Ferreira (historiador e professor da Unesp)

Centro de Documentação e Memória da Unesp (Praça da Sé, 108), São Paulo, às 18h30

 

9 de abril, quarta-feira

* Políticas de preservação da memória

Mesa-redonda. Convidados: Fundação Mauricio Grabois, Centro de Documentação e Informação Científica da PUC-SP e Centro de Documentação e Memória Sindical da CUT. Coordenação: Centro de Documentação e Memória da Unesp e Fundação Perseu Abramo

Centro de Documentação e Memória da Unesp (Praça da Sé, 108), São Paulo, às 18h30

 

10 de abril, quinta-feira

* Painel Desaparecimento Forçado no Brasil, com Beatriz Affonso, diretora da Cejil Brasil
Midrash Centro Cultural, RJ

* Eu quero botar meu bloco na rua -homenagem a Sérgio Sampaio
Com Juliano Gauche, Tatá Aeroplano e Gustavo Gallo. Parceria entre a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e a Secretaria Municipal de Cultura, integra programação do Centro Cultural São Paulo

Centro Cultural (R. Vergueiro, 1.000), às 20h

 

12 de abril, sábado

* Tom Zé – 30 anos da Campanha Diretas Já

Releitura de show realizado em 1984. Parceria entre a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e a Secretaria Municipal de Cultura, integra programação do Centro Cultural São Paulo

Centro Cultural (R. Vergueiro, 1.000), às 20h

* Exibição do filme “Travessia” (João Batista de Andrade)
Cine Direitos Humanos – Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Espaço Itaú de Cinema (Rua Frei Caneca, 596), às 11h

 

13 de abril, domingo

* Do silêncio ao grito! Música popular brasileira x ditadura militar

Canções de resistência em diversos contextos históricos. Com direção artística de Romulo Fróes e direção musical de Kiko Dinucci e Rodrigo Campos. O show terá participação de Odair José, Ogi e Juçara Marçal, perfomance de TANQ rosaCHOQ e luz de Paulinho Fluxus. ParceriaentreaSecretariaMunicipaldeDireitosHumanoseCidadaniaeaSecretariaMunicipaldeCultura,integraprogramaçãodoCentroCulturalSãoPaulo

Centro Cultural (R. Vergueiro, 1.000), às 20h

 

19 de abril, sábado

* Exibição do filme “Batismo de Sangue” (Helvécio Ratton)
Cine Direitos Humanos – Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Espaço Itaú de Cinema (Rua Frei Caneca, 596), às 11h