Você está aqui: Página Inicial / Esportes / 2013 / 01 / Prefeitura de SP vai contratar consultoria para dar andamento a ações da Copa

Prefeitura de SP vai contratar consultoria para dar andamento a ações da Copa

A vice-prefeita Nádia Campeão vai coordenar o comitê de gestão da Copa 2014, que terá participação de 13 secretarias municipais e da SPTuris
por raimundo publicado 18/01/2013 15h28, última modificação 18/01/2013 18h06
A vice-prefeita Nádia Campeão vai coordenar o comitê de gestão da Copa 2014, que terá participação de 13 secretarias municipais e da SPTuris

Nádia, ao lado de Haddad e de Donato, fala na primeira reunião do SPCopa (Foto: Fabio Arantes/Secom)

São Paulo – A vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão (PcdoB), afirmou hoje (18) que a prefeitura vai contratar uma empresa de consultoria para fazer o planejamento das ações e do acompanhamento das obras e preparativos para a Copa 2014.  Ela, o prefeito Fernando Haddad (PT) e o secretário de Governo, Antonio Donato, participaram nesta manhã da primeira reunião do Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de Futebol (SPCopa), que terá a participação de 13 secretarias municipais e a SPTuris e será coordenado pela vice-prefeita. O comitê vai substituir a extinta Secretaria Especial de Articulação para a Copa, criada no ano passado pelo então prefeito Gilberto Kassab (PSD).

“Não vamos criar uma secretaria que estava prevista, mas trabalhar com um tipo de gestão mais ágil e mais integrado, que vai contar com os recursos e potencial que há na própria administração” disse Nádia, acrescentando que os preparativos para a Copa estão em andamento e o primeiro passo do comitê será avaliar em que ponto estão as ações de responsabilidade da prefeitura para definir quais precisam de mais agilidade. “Vamos ter de nos dedicar mais, por exemplo, à organização do espaço da Fun Fest (locais oficiais para a transmissão de jogos que farão parte da programação cultural nas sedes da Copa e deverão ser próximos dos principais pontos turísticos das cidades).

Em São Paulo, o local previsto é o Vale do Anhangabaú, que, segundo Nádia, vai precisar de intervenções e adaptações importantes. "As obras em torno do estádio e os planos de saúde e de mobilidade estão com o calendário em dia", disse ela.

A vice-prefeita afirmou que não há previsão de desapropriação de grande impacto na região onde está sendo construído o estádio em Itaquera, o Itaquerão. “Não vai ter nada abrupto e extraordinário”, disse. Segundo ela, o maior impacto deverá ser nas obras para a estrutura viária do estádio e isso deve afetar mais terrenos não ocupados por moradias.

Para a vice-prefeita, os três principais objetivos do comitê de gestão da Copa são agir de forma competente e transparente, com prazos e custos definidos; a capacitação da gestão municipal para problemas mais complexos e que envolvam toda a administração, e clareza nas as ações que tragam legado para a cidade.

Na reunião do comitê não foram discutidos planos concretos. “Daqui para a rente vamos repassar projeto por projeto”, disse Nádia O comitê é formado pelas secretarias de Governo, Finanças, Desenvolvimento Econômico, Planejamento, Relações Internacionais, Comunicação, Esportes, Segurança, Transportes, Infraestrutura Urbana, Cultura, Saúde, Subprefeituras, Desenvolvimento Urbano e pela SPTuris.

 

 

registrado em: ,