Você está aqui: Página Inicial / Cidades / 2013 / 01 / Haddad autoriza remoções forçadas em áreas de risco de São Paulo

Haddad autoriza remoções forçadas em áreas de risco de São Paulo

Medida publicada no Diário Oficial desta quinta (10) também prevê a apresentação de planos de mitigação de riscos geológicos, mas subprefeituras podem não ter técnicos suficientes
por gisele publicado 10/01/2013 17h47, última modificação 10/01/2013 18h13
Medida publicada no Diário Oficial desta quinta (10) também prevê a apresentação de planos de mitigação de riscos geológicos, mas subprefeituras podem não ter técnicos suficientes

São Paulo – Ordem interna assinada pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), dirigida a subprefeituras e secretarias municipais autorizando a interdição de imóveis e a remoção forçada de moradores em áreas de alto risco geológico foi publicada hoje (10), no Diário Oficial,  segundo critérios estabelecidos pelo mapeamento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Caso os moradores se recusem a deixar as suas casas, está autorizada a ação da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar. Segundo o IPT, a cidade tem 417 áreas de risco, sendo 93 consideradas de maior gravidade. 

Haddad também determinou que a Secretaria de Habitação faça o cadastro dos removidos e realize atendimento financeiro, quando necessário, como é feito atualmente. E orienta que as remoções sejam acompanhadas de planos de intervenção para a mitigação dos riscos elaborados por técnicos das subprefeituras, que também serão responsáveis pela avaliação da saída das famílias. Mas a prefeitura pode ter problemas para aplicar imediatamente a medida.

Na semana passada, ao anunciar a adoção de 16 medidas para reduzir os danos causados pelas chuvas, Haddad afirmou que as subprefeituras não tinham técnicos suficientes para realizar acompanhamento diário das áreas de risco. Por isso, iria propor um convênio com o IPT para que geólogos do instituto fizessem esse acompanhamento. Mas até o momento esse convênio não foi firmado. 

Procurada, a Secretaria da Coordenação das Subprefeituras não se pronunciou até a publicação desta reportagem. 

 Leia mais

Haddad anuncia medidas para prevenir desastres com chuvas em São Paulo