Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2017 / 08 / Trabalhadores da Ford no ABC aprovam acordo que inclui PDV

Montadoras

Trabalhadores da Ford no ABC aprovam acordo que inclui PDV

Oitenta dos 364 funcionários que haviam sido demitidos retornarão à fábrica de São Bernardo
por Redação RBA publicado 18/08/2017 14h18
Oitenta dos 364 funcionários que haviam sido demitidos retornarão à fábrica de São Bernardo
Edu Guimarães/SMABC
Trabalhadores da Ford

Proposta da Ford prevê retorno de 80 funcionários e PDV incluindo pagamento de 83% do salário por ano trabalhado

São Paulo – Trabalhadores da Ford em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, aprovaram proposta de acordo que inclui manutenção de 80 dos 364 trabalhadores que haviam sido dispensados na semana passada e um pacote de benefícios para os demais, por meio de um programa de demissão voluntária (PDV). A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (18).

"Foi um processo muito difícil e o resultado não atende a tudo, mas entendemos que foi o possível de construir", comentou o coordenador do Comitê Sindical na Ford, José Quixabeira de Anchieta. "Com muito esforço conseguimos o retorno dos 80 trabalhadores. A empresa foi irredutível, alegando que haverá mais um corte no volume de produção em setembro", acrescentou. A unidade tem aproximadamente 4 mil funcionários.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a proposta da Ford, feita depois de quatro dias de negociações, prevê o retorno de 80 funcionários e PDV que inclui pagamento de 83% do salário por ano trabalhado, com acréscimo de R$ 30 mil aos funcionários com até 10 anos de fábrica. Para trabalhadores com restrição médica, o valor sobe para 140% do salário por ano trabalhado, mais R$ 7.500.

Ainda segundo o sindicato, como o acordo coletivo previa estabilidade até janeiro, quem não aderir ao programa receberá o equivalente a cinco salários referente a esse período.