Home Trabalho Greve: trabalhadores da CDHU conquistam reajuste salarial

Greve: trabalhadores da CDHU conquistam reajuste salarial

Publicado por vanessaramos
14:13
Compartilhar:   

São Paulo – Trabalhadores da Companhia Habitacional de Desenvolvimento Urbano do governo do estado de São Paulo (CDHU-SP) conquistaram reajuste salarial de 6,17% e decidiram, em assembleia realizada na manhã de hoje (14), pelo fim da greve. A paralisação, iniciada ontem, pressionou o governo de Geraldo Alckmin (PSDB) por negociação. 

A reunião de hoje envolveu a diretoria do órgão e o próprio presidente, Antônio Carlos do Amaral Filho. Além do reajuste de 6,17% nos salários e no vale-refeição, os funcionários receberão aumento de 26% na cesta básica. O acordo também prevê que não serão descontados os dias de paralisação.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo (Sasp), Daniel Amor, o resultado da negociação foi fruto de uma greve unificada entre o Sasp e os sindicatos dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp) e dos Trabalhadores nas Empresas e Cooperativas Habitacionais e Desenvolvimento Urbano no Estado de São Paulo (SINCOHAB), representando os demais funcionários da CDHU. 

“Destacamos que a vitória se deu pela participação de todos os funcionários, que se mantiveram firmes durante o dia de ontem na porta da empresa, reivindicando os seus direitos e a séria condução da negociação por parte dos três sindicatos que representam esses trabalhadores”, afirmou Daniel.

Histórico

Os sindicatos tentavam negociação da pauta do Acordo Coletivo para 2012/2013 desde fevereiro deste ano. Em junho último, os trabalhadores decidiram em assembleia aceitar a contraproposta da CDHU que já previa o reajuste de 6,17%, extensivo às cláusulas econômicas. Após dois meses de negociação de diferentes pautas de reivindicação, o governo havia recuado em alguns itens do acordo firmado junto aos sindicatos. Por sentirem-se desrespeitados, os trabalhadores decidiram realizar a greve. 

registrado em: , , ,