Home Trabalho Petroleiros esperam até esta segunda proposta de aumento real

Petroleiros esperam até esta segunda proposta de aumento real

Categoria, liderada pela FUP, inicia protestos nesta quarta (19), caso a empresa não faça contraproposta à reivindicação de 10%
Publicado por Redação da RBA
10:45
Compartilhar:   

São Paulo – Termina nesta segunda-feira (17) o prazo dado pelos petroleiros à Petrobras para apresentação de contraproposta ao pedido de aumento real de 10%. A estatal afirmou que só fará a oferta na última semana do mês. Até o momento, a categoria, com data-base em 1º de setembro, só tem garantida a reposição da inflação de 7,23% (IPCA, calculado pelo IBGE). Diante do impasse, os trabalhadores vão atrasar em duas horas a entrada para o trabalho a partir desta quarta-feira (19), dia nacional de mobilização.

Para José Maria Rangel, diretor da Federação Única dos Petroleiros (FUP), a categoria precisa estar preparada para o enfrentamento, caso a empresa não apresente proposta que contemple os principais pontos reivindicados. 

Na última semana, os representantes dos sindicatos e da empresa discutiram cláusulas sociais, como a adesão dos funcionários das subsidiárias ao Plano Petros 2 (plano de previdência complementar), garantia do benefício aos aposentados e acidentados, a melhoria da qualidade da Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS), e o diagnóstico conjunto das atuais práticas de saúde, meio ambiente e segurança (SMS, sistema da estatal de prevenção de acidentes). Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a Petrobras informou que deve consolidar as propostas sociais até quinta-feira (20).