Balanço

Mortos pelo coronavírus no Brasil passam de mil

País chega perto dos 20 mil casos confirmados, mas Ministério da Saúde admite subnotificação “gigantesca”

SEI-PE/Fotos Públicas
Ministério da Saúde admite que falta de testes pode estar causando subnotificação "gigantesca" dos casos, que podem ser muito maiores que os dados oficiais

São Paulo – Balanço divulgado hoje (10) pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil ultrapassou as mil mortes em consequência da pandemia. Foram até agora, oficialmente, 1.057 mortes causadas pela covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus – foram 116 óbitos em um período de 24 horas, aumento de 12% em relação ao dia anterior. Segundo o ministério, já são 19.638 casos confirmados, ante 17.857 relatado na quinta-feira anterior. A taxa de letalidade – proporção de mortos em relação ao de casos confirmados – segue em 5,3%.

O próprio ministério, porém, admite que a subnotificação pode ser “gigantesca” e que o número real de casos tende a ser muito maior que o oficial. Isso porque só pacientes internados em hospitais passam pelos testes e ainda há casos suspeitos e até óbitos por insuficiência respiratória aguda aguardando resultados, o que pode representar um salto nas estatísticas.

São Paulo segue como o esetado onde a doença mais se alastra. São cerca de 8,2 mil doentes e, agora, 540 mortos

O isolamento social segue como principal recomendação no enfrentamento do novo coronavírus. Reduzir o contágio é essencial para aliviar o sistema de saúde que, segundo o ministério, pode entrar em colapso em diferentes locais do país até o fim do mês.


Leia também


Últimas notícias