Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Plínio vota nulo, e Marina não declara seu voto

Plínio vota nulo, e Marina não declara seu voto

por jessicasouza publicado , última modificação 31/10/2010 15h50

A senadora Marina Silva, ex-candidata à Presidência não declarou em quem votou (Foto: Reuters)

São Paulo – O ex-candidato do PSOL à Presidência da República, Plínio de Arruda Sampaio, confirmou que votou nulo na manhã deste domingo (31) e disse que não vai torcer por nenhum dos dois candidatos. Ele votou no colégio Santa Cruz, o mesmo colégio eleitoral que José Serra (PSDB), na zona sul de São Paulo. Estava acompanhado da mulher e de seu neto, que pediu ao avô para votar no tucano para presidência.

"Não há condições de solucionar o problema brasileiro para os pobres sem diminuir a desigualdade entre eles. E para fazer isso é preciso tomar medidas que não cabem dentro da lógica do capitalismo", afirmou Plínio.

Plínio pregou o voto nulo. "O voto nulo não é uma falta de voto. É um voto contra o sistema e foi isso que eu fiz", argumentou.

Acre

A senadora Marina Silva (PV), votou em Rio Branco por volta do 12h30 e logo em seguida embarcou para Brasília. Segundo a assessoria de Marina, ela irá se pronunciar depois das 20h30. 

A ex-candidata do PV afirmou que a população está cansada da polarização entre PT e PSDB. Segundo ela, os eleitores estão buscando um novo caminho.

A senadora defendeu a volta do antigo horário no Acre (com duas horas de diferença em relação a Brasília). "O nosso estado está situado em uma região que de fato o horário é diferente. Não é só uma questão de ajustar o horário, é uma questão de ajustar a realidade", disse. O Acre está realizado um referendo, paralelo à eleição, sobre o horário legal.