opções

Nota do Enem vale para Prouni, Pronatec e Ciências sem Fronteiras

Além de ser utilizada para ingresso em universidades e institutos federais, prova dá acesso à outros programas do governo federal

Tarso Sarraf/ Folhapress
Enem

Provas serão em 8 e 9 de novembro, às 13 horas

São Paulo – A nota do candidato do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado em 8 e 9 de novembro, além de ser utilizada para ingresso em instituições de ensino superior públicas, como universidades e institutos federais, também abre portas para outros programas do governo federal. Uma boa média final pode garantir o acesso a programas como o Universidade para Todos (ProUni), o Ciência sem Fronteiras e o Programa nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Na correção da prova, o Enem utiliza a teoria de resposta ao item, em que o valor de cada questão vai variar de acordo com o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. A pergunta que tiver um alto número de acertos será considerada fácil e, por isso, valerá menos. Mas se o estudante confirmar uma questão que poucos acertaram, ganhará mais pontos. Assim, dois participantes que fizeram o mesmo número de acertos não vão ter, necessariamente, a mesma média final.

A prova de redação, entretanto, tem um método de correção diferente. Para essa avaliação, dois profissionais atribuem uma nota que vai de zero até 200 em cada uma das cinco competências atribuídas, totalizando até mil. Serão avaliados o domínio da norma padrão da língua portuguesa, a compreensão da proposta da redação e também a seleção e organização das informações. Além disso, a argumentação e uma proposta de solução para os problemas abordados fazem parte dos critérios de correção.

O Enem será realizado em dois dias. No primeiro os estudantes terão quatro horas e meia para fazer as provas de história, geografia, filosofia, sociologia, química, física e biologia. No segundo, os participantes farão as provas de matemática, língua portuguesa, literatura, artes, educação física, tecnologias da informação e comunicação e língua estrangeira, além da redação, em cinco horas e meia. Nos dois dias, o início das provas será às 13 horas, no horário de Brasília.

Para responder a prova, o estudante deve apresentar um documento de identidade com foto e preencher o caderno de respostas com caneta esferográfica preta. O aluno só pode deixar o local da prova duas horas após o início e só é permitido levar o caderno de questões se sair nos trinta minutos finais da prova.

Com informações do Portal MEC.