Home Economia Produção industrial fica estável de agosto para setembro
Retomada?

Produção industrial fica estável de agosto para setembro

No ano, atividade tem crescimento moderado, distante de garantir recuperação. Setor automobilístico tem melhora
Publicado por Redação RBA
12:24
Compartilhar:   
Rodrigo Czekalski/DAF Caminhões (Fotos Públicas)
indústria

Produção de veículos automotores tem resultados positivos em 2017. Em setembro, 16 setores caíram e oito subiram

São Paulo – A produção industrial brasileira ficou estável de agosto para setembro, com variação de 0,2%, depois de recuar 0,7% no mês anterior, segundo o IBGE. A atividade cresce moderadamente na comparação com setembro do ano passado (2,6%) e no acumulado do ano (1,6%). Em 12 meses, o resultado também aponta estabilidade, sem apontar para a falada (pelo governo) recuperação da economia: 0,4%.

Em setembro, duas das quatro categorias econômicas e oito dos 24 ramos pesquisados tiveram resultado positivo. Dezesseis registraram queda.

Entre os destaques, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis teve alta de 6,7% e produtos alimentícios, de 4,1%. O IBGE cita ainda indústrias extrativas e veículos automotores, reboques e carrocerias, ambos com 1%.

Dos 16 ramos que tiveram atividade menor, produtos farmoquímicos e farmacêuticos caiu -20,9% e perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal recuou 6,1%. 

Em relação a setembro do ano passado, o instituto apurou resultado positivo nas quatro categorias econômicas, 18 dos 26 ramos, 46 dos 79 grupos e 48,7% dos 805 produtos pesquisados. Entre as atividades, destaque para veículos automotores, que com 20,9% de alta teve a maior influência positiva. O segmento de produtos alimentícios teve alta de 3,6% e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, de 3,9%. Entre as oito atividades com redução, está a de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-26,5%).