Diário do Bolso

Diário, acharam uns cheques do Queiroz com o Flavinho. E daí?

De novo esses assuntos de rachadinha, “Micheque” etc.? Pô, estão querendo provar alguma coisa contra mim? Vamos tocar a vida, talquei?

Diário do Bolso/Facebook/Reprodução

Diário, querem botar ozônio na minha hemorroida!

Vazaram o resultado da quebra do sigilo bancário do Queiroz para a revista Crusoé.

Michelle Bolsonaro recebeu R$ 72 mil em 21 cheques de Queiroz, diz revista

E lá tá escrito que o Queiroz recebeu 483 depósitos dos servidores do gabinete do Flavinho.

Mas e daí? Isso prova alguma coisa?

Bom, até que prova. Prova que ele fazia rachadinha com os caras.

Também deu pra ver que não tinha nenhum depósito meu na conta do Queiroz.

Mas e daí? Isso prova alguma coisa?

Bom, até que prova. Prova que eu não emprestei os 40 mil que eu disse que emprestei pra ele. Pelo menos, não em depósito bancário.

Outra coisa: o Queiroz botou 21 cheques na conta da Micheque, quer dizer, da Michelle, o que deu 72 mil reais.

Mas e daí? Isso prova alguma coisa?

Bom, até que prova. Prova que vinha uma rebarba pra mim dessa rachadinha aí.

O pior é que a Mi (só vou chamar ela assim, pra não errar em casa) não tem foro privilegiado. Ela pode ser investigada. O Psol já tá até juntando assinaturas pra fazer uma CPI.

Ah, Diário, não podiam ter descoberto os chelles pra Micheque. Quer dizer, os cheques pra Michelle!

Isso aí pode acabar comigo. Pode me dar um “cheque-mate.”

No Facebook: @DiariodoBolso