Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2018 / 06 / Jornada de Agroecologia em Curitiba tem palestras, feira e atrações culturais

Sem veneno

Jornada de Agroecologia em Curitiba tem palestras, feira e atrações culturais

Abertura da 17ª edição do evento foi realizada no mesmo espaço em que o MST foi fundado há 33 anos e contou com a participação do teólogo Leonardo Boff
por Redação RBA publicado 07/06/2018 14h01
Abertura da 17ª edição do evento foi realizada no mesmo espaço em que o MST foi fundado há 33 anos e contou com a participação do teólogo Leonardo Boff
Eduardo Matysiak/AGPT
Letícia Sabatella

A atriz Letícia Sabatella e a Trupe dos Encantados se apresentaram na abertura da 17ª Jornada da Agroecologia em Curitiba

São Paulo – 17ª edição da Jornada da Agroecologia começou nesta quarta-feira (6) em Curitiba. Em conferência de abertura intitulada Os desafios atuais da humanidade e o cuidado com a casa comum, o teólogo Leonardo Boff afirmou que passamos a viver em uma "sociedade de mercado", em que tudo é objeto de lucro. "Essa transformação trouxe corrupção para todas as nossas sociedades". 

Ele também classificou o capitalismo como um sistema corrupto e "anti-vida", "que não reconhece nenhuma sacralidade", e o relacionou com violências como o tráfico humano e a situação dos refugiados no mundo. Boff também chamou a atenção para a ameaça do aquecimento global e para o risco de guerras "de grande mortalidade" em disputas pela água. 

A abertura da jornada ocorreu no Teatro Guaíra, mesmo espaço onde 33 anos atrás, ainda durante a ditadura, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) realizava o seu congresso de fundação, e contou com apresentação artística da atriz Letícia Sabatella junto com a Trupe dos Encantados

A 17ª edição da Jornada da Agroecologia vai até o dia 9 de junho, com programação variada que inclui conferências, oficinas e também a Feira da Reforma Agrária, da Agricultura Familiar e da Economia Solidária onde a população pode consumir alimentos agroecológicos, livres de veneno, à venda na Praça Santos Andrade, no centro da capital.

No espaço para a Culinária da Terra, os participantes podem apreciar pratos típicos da região sul do Brasil. Há ainda mais dezenas de atrações culturais gratuitas, com a participação do cantor Otto e da escola de samba Paraíso do Tuiuti.

Além do MST, participam cerca de outras 40 entidades paranaenses, que contam com o apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Confira a programação completa no site da Jornada