Home Trabalho CPI da Previdência ouve cinco maiores devedores do INSS no setor de frigoríficos
investigação

CPI da Previdência ouve cinco maiores devedores do INSS no setor de frigoríficos

Segundo o senador Paulo Paim, só a JBS possui débito de R$ 2,4 bilhões com a Previdência. Entre todos os setores da economia, a dívida é de cerca de R$ 500 bilhões
Publicado por Redação RBA
12:39
Compartilhar:   
Geraldo Magela/Agência Senado
cpi da previdencia

Paulo Paim questiona representantes das maiores devedoras do setor. Dívida total do INSS chega a R$ 500 bilhões

São Paulo – A Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI) da Previdência Social realiza hoje (8) audiência pública com representantes dos cinco maiores devedores da Previdência Social no setor de frigoríficos. Segundo o presidente do colegiado, o senador Paulo Paim (PT-RS), só a JBS possui débito com o INSS de R$ 2,4 bilhões. “Eles tiveram um lucro em torno de R$ 250 bilhões e devem R$ 2,4 bilhões. Isso é uma apropriação indébita do dinheiro do trabalhador”, afirma o parlamentar, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

Paim diz que a CPI ouvirá outros setores devedores, como os bancos e a indústria. “A dívida acumulada, por baixo, dá R$ 500 bilhões. Esse é o problema da Previdência, é a gestão, arrecadação e sonegação. Os últimos governos deixavam as empresas renegociarem as dívidas e, mesmo assim, elas não pagavam”, denuncia.

Na sessão desta quinta, foram convidados para a audiência Luiz Gustavo Antonio Silva Bichara, representante da JBS; Heraldo Geres, do Marfrig Global Foods; Geraldo Antonio Prearo, do Frigorífico Margen; e representantes do Frigorífico Nicolini e da Swift Armour.

Segundo dados da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), a Previdência, entre 2005 e 2015, deveria ter acumulado superávit de R$ 657 bilhões para sustentá-la. Paim explica que o dinheiro é usado para outros fins. “É uma verba que vai pro Judiciário, para o Legislativo e até para o pagamento da dívida. Seria uma média de R$ 50 bilhões por ano se o governo tivesse guardado esse fundo. A Previdência não teria problema nenhum. O dinheiro do fundo foi usado até pra pagar o salário de servidores.”  

No último dia 2, a CPI ouviu representantes das cinco instituições privadas de ensino superior que mais devem à Previdência.

Ouça: