Eleições 2020

Ibope: Russomanno e Covas largam na frente em São Paulo, e Boulos aparece em terceiro

Mas os dois primeiros também lideram no quesito rejeição. No Rio, Paes lidera e Crivella é o mais rejeitado

Reprodução/Montagem RBA
Russomanno, Boulos e Covas: começa a campanha em São Paulo

São Paulo – Pesquisa Ibope divulgada no início da noite desta sexta-feira (2) mostra Celso Russomanno (Republicanos) e Bruno Covas (PSDB) na frente nesta largada de campanha eleitoral na disputa pela prefeitura de São Paulo. O primeiro tem 26% das intenções de voto e o atual prefeito, 21%. Mas eles também lideram a rejeição: Covas com 31% e Russomanno, com 27%.

O terceiro colocado é Guilherme Boulos (Psol), que aparece com 8%. Logo depois vem Márcio França (PSB), com 7%. Vera Lúcia, do PSTU, tem 2%. Vários candidatos ficam com 1%: Andrea Matarazzo (PSD), Antonio Carlos (PCO), Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselmann (PSL), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede) e Orlando Silva (PCdoB). Filipe Sabará (Novo) não chegou a 1%.

Entre os entrevistados, 20% responderam “nenhum, branco ou nulo”. E 8% não sabem ou não responderam.

No item rejeição, depois de Covas e Russomanno, Levy tem 21% e Joice, 19%. Na sequência, Boulos (17%), França (13%), Tatto (12%) e Matarazzo (11%).

Formato de debate entre candidatos em São Paulo dificulta confronto de propostas

A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo. Em São Paulo, o instituto ouviu 805 pessoas, entre quarta-feira (30) e ontem (1º). A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Rio tem Paes na liderança

No Rio de Janeiro, o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) lidera a pesquisa Ibope, com 27%. Depois, o atual mandatário, Marcelo Crivella (Republicanos), tem 12%. Martha Rocha (PDT) está com 8% e Benedita da Silva (PT), com 7%.

Cyro Garcia (PSTU) fica com 3%. Na sequência, com 2% cada, Clarissa Garotinho (Pros), Eduardo Bandeira de Mello (Rede), e Renata Souza (Psol). Com 1%, estão Luiz Lima (PSL) e Suêd Haidar (PMB). Os demais não chegaram a 1%.

Responderam “nenhum, branco ou nulo” 28%. E 7% disseram que não sabem ou não responderam.

Crivella é, disparado, o de maior rejeição: 57% não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida, estão Clarissa (38%) e Paes (32%).

A pesquisa é só da TV Globo. Foram ouvidos 805 eleitores entre quarta-feira e hoje, com margem de erro de 3 pontos.

Recife: disputa embolada

O Ibope também divulgou pesquisa para Recife, encomendada pela TV Globo e pelo Jornal do Commercio. Quatro nomes se destacam neste levantamento: João Campos (PSB), com 23%, Mendonça Filho (DEM), com 19%, Marília Arraes (PT), com 14%, e Delegada Patrícia (Podemos), com 11%.

Também foram ouvidos 805 eleitores na capital pernambucana, de quarta até hoje. A margem de erro é igualmente de 3 pontos.


Leia também


Últimas notícias