Para baixo

Governo Bolsonaro é reprovado por 50% e atuação na pandemia, por 58%

Avaliação ruim ou péssima de Bolsonaro em janeiro de 2019 era de 20%, e segue em alta. Economia também está desacreditada

Marcos Corrêa/PR
Para 58%, a atuação do presidente da República durante a crise de pandemia é ruim ou péssima

São Paulo – Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta quarta-feira (20) aponta aumento na avaliação negativa e na reprovação do governo Bolsonaro. Segundo a pesquisa, 58% consideram a atuação do presidente durante a pandemia ruim ou péssima. E 50% fazem a mesma avaliação do governo Bolsonaro como um todo. Ainda segundo o levantamento encomendado pela consultoria financeira, a maioria dos entrevistados vê a economia no caminho errado.

A avaliação ruim ou péssima para a gestão estava em 49% em abril e 39% em janeiro – e apenas 20% no início do governo. Tendência de alta, portanto. Já as avaliações bom ou ótimo oscilaram para 25% – eram 32% em janeiro deste ano e 40% em janeiro do ano passado.

A atuação do presidente da República durante a crise de pandemia, de ruim a péssima para três em cada cinco entrevistados, é vista como boa ou ótima para apenas 21% – 19% consideram regular.

Na economia, os resultados são próximos: 57% consideram que o país está no caminho errado e 28%, no rumo certo.

A expectativa para o restante do governo é negativa para quase metade dos entrevistados (48%, ante 46% em abril). Já a visão positiva foi de 30% para 27%.

Segundo os responsáveis, a pesquisa XP/Ipespe ouviu mil eleitores de todas as regiões, entre sábado (16) e segunda-feira (18). A margem máxima de erro é de 3,2 pontos percentuais, para cima ou para baixo.


Leia também


Últimas notícias