Home Política Globo demora a repercutir denúncias do Intercept contra Moro e Dallagnol e só admite ‘falta de ética’
Farsa judicial

Globo demora a repercutir denúncias do Intercept contra Moro e Dallagnol e só admite ‘falta de ética’

Telejornais da emissora se limitam a ler nota pública do MPF e a ouvir "especialistas" que sempre apoiaram as decisões da Lava Jato, mesmo que fossem irregulares
Publicado por Fabio M Michel, da RBA
08:24
Compartilhar:   
Rede Globo/reprodução

Apresentadores do Fantástico e da Globo News leem nota da emissora sobre a publicação das denúncias contra Moro, Dallagnol e a Lava Jato: informação tardia e parcial

São Paulo – Foi só tarde da noite de ontem (09) que os noticiosos da Rede Globo passaram a reproduzir as denúncias publicadas pelo The Intercept Brasil que comprometem a condução força-tarefa da Lava Jato pelo ministro Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

As notícias do Intercept começaram a ser publicadas às 18h. O Fantástico só deu a reportagem no final do programa, por volta de 23h, quando os apresentadores do programa leram uma nota produzida pela emissora.

A nota frisa a resposta do Ministério Público Federal (MPF), que não desmente nem nega o conteúdo divulgado pelo The Intercet Brasil e acusa o portal, citando nota pública emitida pelo MPF, de cometer “ilegalidades”, além de não ter buscado esclarecer os fatos antes da publicação das denúncias, o que, ainda segundo o MPF, indicaria a prática de “mau jornalismo”.

Ao fim do comunicado, a emissora dá palavra a Moro e cita “especialistas” que consideraram não haver ilegalidade na prática, apenas “falta de ética”, por parte dos magistrados.

A mesma nota foi lida por apresentadores da Globonews, depois que o canal de TV por assinatura omitiu a denúncia da edição de seu principal noticioso, o Jornal das Dez – lembrando que as denúncias do Intercept começaram a ser publicadas às 18hA nota foi lida apenas num boletim, após o encerramento da edição normal.