Guerra na Europa

Rússia e Ucrânia se reúnem para terceira rodada de negociações

Chanceleres dos dois países em conflito se encontram nesta quinta (10) na Turquia, que se ofereceu para intermediar o diálogo

RT
RT
Representates dos países em conflito se reúnem na Bielorrússia nesta segunda-feira

São Paulo – As delegações da Rússia e da Ucrânia reiniciaram hoje (7) as conversas sobre a guerra que travam na Europa. O encontro – em Brest, na Bielorerússia – começou cerca de 12h20 (horário de Brasília). Após duas rodadas de negociações sem resultados concretos sobre o fim da crise, o chefe da representação russa, Vladimir Medinsky, afirmou que “todas as mesmas questões serão discutidas: em três blocos: a questão da solução política interna, os aspectos humanitários internacionais e as questões da solução militar”.

Ele acrescentou que o corredor humanitário será outro tema prioritário nas conversas. “Vamos tentar novamente hoje com o lado ucraniano, discutir o modo de operação dos corredores humanitários, já que em todas as cidades em que prometemos esses corredores estão abertos do lado do nosso Exército e das Forças Armadas de Donbass, o fogo cessou”, garantiu.

A Ucrânia é representada pelo conselheiro do gabinete presidencial ucraniano Mikhail Podolyak, pelo chefe do partido governista Servo do Parlamento Popular da Ucrânia, David Arakhamia, e pelo ministro da Defesa, Aleksei Reznikov, além de outros políticos.

Na quinta-feira (10), haverá um encontro entre chanceleres dos dois países em conflito na Turquia, que se ofereceu para intermediar o diálogo, de acordo com o chanceler turco Mevlut Cavusoglu.

A Rússia tem um enorme comboio posicionado a cerca de 30 quilômetros da capital da Ucrânia, Kiev, e ataca a infraestrutura do país. Os russos querem “reduzir o acesso a informações confiáveis, e o acesso à internet provavelmente também será interrompido”, disse o Ministério da Defesa do Reino Unido, segundo a CNN Brasil.

Com informações de Sputnik Brasil


Leia também


Últimas notícias