Cuidados

Presidente da Argentina é contaminado pela covid-19 e cumpre isolamento

Alberto Fernández, que fez 62 anos, já foi vacinado. Lula mandou mensagem de apoio

Twitter/Reprodução
Fernández relatou ter um pouco de febre, mas seu estado geral é bom

São Paulo –  O presidente da Argentina, Alberto Fernández, informou pelas redes sociais que testou positivo para a covid-19, depois de apresentar sintomas da doença. Ele informou que cumpre isolamento e avisou as pessoas com quem teve contato nas últimas 48 horas. E relatou ainda que teve 37,3ºC de febre, além de sentir uma leve dor de cabeça.

O anúncio foi feito neste sábado (3), um dia depois de Fernández completar 62 anos. “Para informação de todos e todas, me encontro bem fisicamente e, embora quisesse terminar o dia do meu aniversário sem essa notícia, também estou de bom humor”, afirmou o presidente.

Ele recebeu a primeira dose da vacina (Sputnik) em janeiro. A segunda, no mês seguinte. “Estou bem, não tenho nenhum sintoma. Só essa febre de ontem que relatei”, declarou ao jornal Clarín. “É um vírus muito complicado, e a demonstração é que eu me contagiei, mesmo vacinado com as duas doses e com cuidados extremos”, acrescentou.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que recebeu hoje a segunda dose da vacina, mandou mensagem de apoio a “Daqui do Brasil envio boas energias, torcendo para seu pronto restabelecimento. Que em breve supere essa doença para seguir zelando pelo povo argentino. Abraços, companheiro!”, escreveu.


Leia também


Últimas notícias