Pets contra o vírus

Confira como fazer a higienização dos cães em tempos de covid-19

Passear é muito importante, principalmente para os cães já acostumados. Então, fique de olho nessas dicas para tomar todos os cuidados necessários

Pixabay | Arte RBA
higienização

Em tempos de coronavírus, a higienização dos cães após sair nas ruas é fundamental. O passeio é importante, principalmente para os que já estão acostumados. Porém, são necessários cuidados. Além do uso de máscaras durante o passeio por parte dos tutores (cães não precisam usar máscaras), após a volta para casa o pet deve ser higienizado de forma correta.

Os pets não são transmissores da doença, mas podem ser transportadores. Por isso, além das dicas básicas, como evitar aglomerações enquanto passeia e evitar parar para conversar, faça a correta higienização do seu bichinho após o passeio.

A primeira opção é a limpeza com água e sabão (xampu com o qual o cão já esteja acostumado ou algum neutro para cães). A limpeza pode ser feita com paninhos do tipo “perfex” ou, se estiver calor, banho normal. O banho deverá ser realizado no máximo uma vez por semana, ou a cada 10 a 15 dias. O cachorro deve ser bem seco com toalha, secador ou no sol. Atente para água no ouvido, para evitar otite.

A outra opção deve ser realizada apenas em cachorros com a pelagem muito densa (como Border Collie ou Spitz Alemão), com extremo cuidado (principalmente região da boca e olhos), e em cachorros não-alérgicos. Essa opção consiste em passar um pano com álcool 70% líquido na pelagem, secando em seguida com toalha.

É importante a higienização dos itens usados no passeio, como coleira, guia e peitoral. E sem exageros. Passeios devem ser evitados em época de pandemia.


Cristiane Claudino da Silva é bióloga e veterinária, especializada na área de bem-estar e consultora comportamental. Treina cães com método positivista para um convívio mais equilibrado. Sua Casa de Bichos é também creche (daycare) e hotel para cães livres, sem baias nem gaiolas e socializados.