Home Cidadania Igrejas e comunidades LGBTI+ unidas contra preconceito e por acolhimento
Em São Paulo

Igrejas e comunidades LGBTI+ unidas contra preconceito e por acolhimento

Líderes espirituais e fiéis de diferentes religiões realizam primeiro congresso sobre o tema da diversidade sexual e de gênero até domingo
Publicado por Clara Assunção
07:25
Compartilhar:   

Objetivo do congresso e impedir discriminação e exercitar o acolhimento das pessoas LGBTI+

São Paulo – O 1º Congresso Igrejas e Comunidades LGBTI+ discute, a partir da perspectiva ecumênica, a diversidade sexual e de gênero em prol da formação de laços em diferentes espaços religiosos. O objetivo é impedir a discriminação e exercitar o acolhimento nas diversas crenças. O encontro, iniciado na quarta-feira (19), segue até domingo (23) na Paróquia da Santíssima Trindade da Igreja Episcopal Anglicana, em São Paulo.

Líderes espirituais e fiéis de diferentes religiões, que participam do congresso, explicam que os casos de exclusão das pessoas LGBTI+ levam em conta mais o elemento cultural, que renega a diversidade com base no preconceito, do que propriamente religioso.

Integrante do coletivo Evangélicas pela Igualdade de Gênero, Valéria Vilhena afirma à repórter Dayane Ponte, do Seu Jornal, da TVT, que o encontro pode ajudar as comunidades a se encontrar por meio de uma finalidade em comum, a fé, respeitando quem as pessoas realmente são. “A gente e as igrejas precisamos aprender a acolher, e acolher é voltar a viver o evangelho do amor do senhor Jesus”, ressalta Valéria.

O congresso, que ocorre na semana da diversidade sexual, também relembra os 50 anos da Revolta de Stonewall. Tema da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que ocorre neste domingo (23), Stonewall ficou conhecida, após seis noites de protestos, como o principal símbolo da luta pela liberdade.

Assista à reportagem