Home Trabalho Seminário discute dificuldades no mercado de trabalho enfrentadas pela população LGBTI+
semana da diversidade

Seminário discute dificuldades no mercado de trabalho enfrentadas pela população LGBTI+

Evento, que será realizado pelo Dieese, ocorre nesta sexta (21) e sábado (22), na sede da Apeoesp, na região central da cidade de São Paulo
Publicado por Clara Assunção
15:19
Compartilhar:   
Tomaz Silva /EBC

Seminário quer traçar um diagnóstico da situação trabalhista dessa população que, historicamente, é excluída do mercado

São Paulo – Na semana em que será realizada a Parada do Orgulho LGBTI+, o Dieese organiza seminário para discutir o mundo do trabalho e as dificuldades enfrentadas diariamente por essa população. O encontro, que ocorre nesta sexta-feira (21) e sábado (22), será realizado na sede do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), na capital paulista.

Coordenador do Coletivo LGBTI+ da CUT São Paulo, Marcos Freire ressalta em entrevista ao repórter Cosmo Silva, da Rádio Brasil Atual que, as pessoas LGBTI são historicamente excluídas do mercado de trabalho e, diante das reformas promovidas pelo governo de Jair Bolsonaro para minar os direitos trabalhistas, a situação dessa população fica ainda mais difícil, principalmente para travestis e transexuais.

“A reforma Trabalhista, a reforma da Previdência acaba com qualquer perspectiva de um trabalho decente e, na verdade, a gente ainda busca o trabalho decente para essas pessoas, e não se vê mais esse quadro, está cada vez mais difícil. A gente espera que isso seja revertido e o seminário deve apontar alguns caminhos nesse sentido”, afirma Freire. O evento ocorre em parceira com o Instituto Lula, a CUT São Paulo e a Secretaria Estadual LGBTI+ do PT Paulista.

Confira a reportagem