Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 08 / Plebiscito sobre limite de propriedade de terras quer pautar eleições

Plebiscito sobre limite de propriedade de terras quer pautar eleições

por leticiacruz publicado 27/08/2010 17h44

O candidato Plínio Sampaio (PSOL), que já questionou o assunto em debate. (Foto: Agência Brasil)

São Paulo - O plebiscito sobre o limite de propriedade de terras no Brasil quer levar o tema para as eleições presidenciais. Embora o interesse seja de levar o tema ao Congresso Nacional, os ativistas querem saber a posição dos candidatos. A coleta de votos ocorre em todo o país de 1º a 7 de setembro e é promovida por 50 entidades e movimentos sociais.

Segundo Dirceu Fumagalli, coordenador nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT), integrante do Fórum Nacional da Reforma Agrária e Justiça no Campo (FNRA), o tema vai além do processo eleitoral. "O momento pré-eleitoral é um processo importante para tentar pautar a questão agrária do Brasil e regulamentação", pontua.

O texto com a proposta já foi levada para o candidato Plínio Sampaio (PSOL), que apoia a medida e levou o assunto ao primeiro debate entre presidenciáveis. Na ocasião, José Serra (PSDB) mostrou-se contrário à medida. "Acho que limitar extensão de propriedades em todo o país não é prudente", disse.

Gilberto Porter, da coordenação do FNRA, promete que o documento será entregue a Marina Silva (PV) e a Zé Maria (PSTU). No caso da candidata Dilma Rousseff (PT) e do próprio Serra, ainda não há definição sobre a apresentação da proposta. Porter acredita, no entanto, que seja possível trazer a questão para o debate entre presidenciáveis na Universidade Católica de Brasília (UCB), previsto para ocorrer na terceira semana de setembro.