Você está aqui: Página Inicial / Revista do Brasil / Edição 14 / Pronta para decolar
Número 14, Julho 2007

Retrato

Pronta para decolar

por Wagner Prado publicado , última modificação 05/09/2017 12h53
wander Roberto/cbat/divulgação
murer

Atleta é, antes de tudo, prático. Na arena e na vida. Fabiana Murer, 26 anos, principal nome do Brasil no salto com vara, mora perto do conjunto desportivo do Ibirapuera só para não gastar dinheiro com condução. A caminhada de sua casa até o Estádio Ícaro de Castro Mello serve como aquecimento para os treinos diários. Fabiana manda ver seis horas de musculação, corrida, barreira, ginástica artística e salto em distância. Musculação e corrida, vá lá. Mas para que tanto? “A barreira melhora a corrida, a ginástica ajuda na flexibilidade e o salto em distância melhora sua decolagem, que é o importante no salto com vara.”

Esperança brasileira de ouro no Pan do Rio de Janeiro, Fabiana diz que chegar lá em cima exige suor e renúncia a muitas outras coisas da vida. Não leva vida de monge, vê TV, cinema, sai com amigos, namora. Mas balada, acesa a noite toda, “estou fora”. Fabiana é tida como certeza de medalha de ouro, ao lado de Jadel Gregório, Keila Costa, Maurren Maggi e Marilson dos Santos. “Sinto a responsabilidade, sei da expectativa, mas estou tranqüila. Acredito que o ouro virá se conseguir algo na faixa dos 4,60 metros.” Sua maior marca, 4,57 metros, é a melhor de uma brasileira. Está por um triz.

registrado em: , ,