Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Vox Populi aponta Dilma com 57%, ante 43% de Serra

Vox Populi aponta Dilma com 57%, ante 43% de Serra

por Redação da RBA publicado , última modificação 25/10/2010 17h00

Dilma tem vantagem maior no Nordeste enquanto Serra lidera no Sul (Fotos: Ricardo Stuckert Filho/Divulgação e Marcos Brandão/Obritonews)

São Paulo – A candidata governista à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), seria eleita se as eleições fossem hoje, segundo pesquisa do instituto Vox Populi. Ela teria 57% dos votos válidos, ante 43% de seu concorrente, José Serra (PSDB). A sondagem de votos válidos, que desconsidera brancos, nulos e indecisos, mostra estabilidade em relação à última semana.

Em comparação com a pesquisa anterior, ambos os candidatos oscilaram para baixo em proporção inferior à margem de erro. Dilma variou dois e, Serra, um ponto percentual, aparecendo agora com 49% e 38% do total. Os indecisos subiram três pontos, de 4% para 7%. Brancos e nulos mantiveram-se em 6%.

Entre os participantes, 88% afirmam já estar decididos sobre o voto. A maior vantagem de Dilma sobre Serra ocorre no Nordeste (64% a 27% dos votos totais), enquanto o Sul é a única região na qual o tucano leva vantagem (47% a 39%). No Sudeste, Dilma venceria por 44% a 40%.

Levando em conta a religião dos entrevistados, Dilma levaria vantagem entre católicos – praticantes ou não – e evangélicos, bem como entre os que não professam uma crença. A maior vantagem da petista ocorre entre os católicos não praticantes (53% a 35%) e é menor entre evangélicos (44% a 41%).

O levantamento foi encomendado pelo portal IG. Foram ouvidas 3 mil pessoas em 214 municípios, nos dias 23 e 24 deste mês. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual. A pesquisa foi registrada no dia 20 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo 3.7059/2010.

Sete a oito pesquisas

A pesquisa Vox Populi desta segunda é a primeira de uma série de cinco já registradas no TSE. Desta terça-feira (26) até sexta (29), serão divulgados, pela ordem: Datafolha, Sensus, Ibope e novo Datafolha. Neste sábado (30), véspera do segundo turno, Ibope e Vox populi já têm pesquisas cadastradas. A expectativa é de que o instituto ligado ao Grupo Folha também produza pesquisa para a véspera do pleito.

A legislação estabelece que os institutos devem protocolar o questionário e informações metodológicas junto à Justiça Eleitoral com pelo menos cinco dias de antecedência em relação à data de divulgação. Assim, os levantamentos do sábado precisam ser informados até esta terça para poderem ser divulgados publicamente.