Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2011 / 03 / Para BC, demanda doméstica continua sendo o suporte da economia

Para BC, demanda doméstica continua sendo o suporte da economia

Presidente da instituição afirma que investimentos mostram confiança dos empresários
por Vitor Nuzzi, da RBA publicado 03/03/2011 10h19, última modificação 03/03/2011 12h42
Presidente da instituição afirma que investimentos mostram confiança dos empresários

São Paulo – Ao comentar o crescimento do PIB em 2010 (7,5%), o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse que a economia brasileira entrou em novo ciclo de expansão após recuperar-se rapidamente dos efeitos da crise financeira de 2008/2009. "A demanda doméstica continuou sendo o grande suporte da economia, com o consumo das famílias registrando crescimento de 7,0%, o sétimo ano consecutivo de expansão desse componente, que tem sido impulsionado pela expansão do crédito, do emprego e da renda", afirmou, em nota. O BC estimava alta de 7,8% no ano passado.

Segundo ele, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), "uma boa medida do investimento, cresceu 21,8% em 2010, um desempenho que sugere que o empresariado nacional está confiante nas perspectivas para a economia brasileira neste e nos próximos anos".