curva ascendente

Com mais 674 mortos em um dia, Brasil é o terceiro do mundo em infectados pelo coronavírus

Pandemia já deixa 16.792 mortos no Brasil. Número de infectados é de 254.220. Subnotificação é realidade

Andrés Díaz
Existe uma ampla subnotificação sobre o número real de contaminados no país, devido a uma baixa disponibilidade de testes

São Paulo – Segundo o boletim desta segunda-feira (18) do Ministério da Saúde, o Brasil registrou mais 674 óbitos pela covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, nas últimas 24 horas. Com isso, a pandemia já deixa 16.792 mortos no país. O número de casos confirmados também mostrou crescimento expressivo: 13.140, totalizando 254.220 doentes desde o início do surto, atrás apenas de Estados Unidos e Rússia.

Existe uma ampla subnotificação sobre o número real de contaminados no país, devido à pouca aplicação de testes. Entidades acadêmicas nacionais, como universidades federais, e internacionais, como a universidade norte-americana Johns Hopkins, calculam que os infectados no Brasil devem ser mais de 1 milhão.

Mesmo com a subnotificação, o Brasil já ocupa a sexta posição entre os países com mais mortes pela covid-19. A gravidade da pandemia já ultrapassa grandes centros de contágio, como Itália, França e Turquia.

Epicentro

O epicentro da pandemia no país segue em São Paulo. Com 4.823 mortos, o estado registra 63.066 contaminados. A taxa de mortalidade está em 10,4%, superior aos 6,7% do Brasil, o que pode significar uma subnotificação mais extrema.

O Sudeste é o grande polo do novo coronavírus no Brasil. São 95.938 casos na região, com 7.938 mortos. O Rio de Janeiro é o segundo estado em números absolutos da pandemia: são 22.238 casos confirmados e 2.715 mortos.

Após o Sudeste, vem o Nordeste, com 81.537 doentes confirmados e 4.673 mortos. Na sequência, estão Norte (45.277 casos e 2.987 óbitos), Sul (10.797 doentes e 349 mortos) e Centro-Oeste (7.531 casos e 171 mortos confirmados).


Leia também


Últimas notícias