Você está aqui: Página Inicial / Revista do Brasil / Edição 34 / Profissão repórter
Número 34, Abril 2009

Resumo

Profissão repórter

por Paulo Donizetti de Souza publicado , última modificação 27/02/2018 11h34
bilionários

O jornalista Leandro Fortes está sendo processado pelo presidente do STF, Gilmar Mendes, por ter denunciado em reportagem da revista Carta Capital os negócios que envolvem o Instituto Brasiliense de Direito Público, de propriedade do ministro, e o modo como a família de Mendes controla a cidade de Diamantino (MT). Uma Carta Aberta aos Jornalistas do Brasil, de Fortes, pode ser lida no site da revista. Outro recém-processado, aqui pela Embraer, é Júlio Ottoboni, da Gazeta Mercantil, que revelou com antecedência o plano de demissão de 20% dos funcionários. A empresa chegou a montar um dossiê e pedir ao jornal a demissão do repórter.

Tucanaram o mapa

O governo do estado de São Paulo levou a nota vermelha do ano pelo mapa da América do Sul, impresso nos livros de Geografia da 6ª série da rede pública. Os mais de 500 mil exemplares distribuídos têm dois Paraguais, inversão da localização de Uruguai e Paraguai e ausência do Equador. Como brasileiro é bem-humorado e não desiste nunca, um internauta lembrou, num site de notícias, que o erro poderia ser muito pior: “Já pensou se fossem duas Argentinas?”

Voto a distância

Com a ajuda da tecnologia, o eleitor poderá votar em qualquer cidade onde estiver. A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é, até 2014, aperfeiçoar o sistema de votação com a criação de um cartão eletrônico com chip (com dados da carteira de identidade, de motorista e previdenciária, por exemplo), o que acabaria com a justificativa do voto. Além disso, o TSE quer ampliar o número de urnas biométricas, que reconhecem o eleitor pela digital.

Elas na mídia

O seminário Controle Social da Imagem da Mulher na Mídia, realizado na primeira quinzena de março em São Paulo e organizado por aproximadamente 150 integrantes de vários movimentos feministas, decidiu criar uma rede para monitorar a forma como a imagem da mulher é abordada pelos meios de comunicação. Os dados coletados durante o ano de 2009 serão apresentados na Conferência Nacional de Comunicação, prevista para o final do ano, para servir como orientação das ações quanto à política de concessões na radiodifusão. O Ministério das Comunicações e a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) ainda não se pronunciaram a respeito do tema.

registrado em: , ,