Haddad inclui alimento orgânico na merenda escolar

O prefeito Fernando Haddad sancionou lei que inclui alimentos orgânicos na merenda escolar em São Paulo. Durante a posse dos conselheiros de Segurança Alimentar e Nutricional, Haddad lembrou que antes de Lula era destinado à alimentação escolar apenas 13 centavos por aluno, que se alimentava de bolacha e água. O projeto de lei é de autoria dos vereadores Nabil Bonduki, Ricardo Young, Gilberto Natalini, Antonio Goulart, Toninho Vespoli e Dalton Silvano. A nova lei, o plano diretor, a tarifa zero a partir de 60 anos, o ônibus noturno, o novo plano de arborização e a mudança na iluminação pública da cidade, foram temas abordados pelo prefeito, nesta quarta-feira (18/03), durante a posse dos conselheiros de Segurança Alimentar e Nutricional. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Haddad comentou a atual crise política brasileira. Foto: Heloisa Ballarini / Secom.

O prefeito Fernando Haddad sancionou lei que inclui alimentos orgânicos na merenda escolar em São Paulo. Durante a posse dos conselheiros de Segurança Alimentar e Nutricional, Haddad lembrou que antes de Lula era destinado à alimentação escolar apenas 13 centavos por aluno, que se alimentava de bolacha e água. O projeto de lei é de autoria dos vereadores Nabil Bonduki, Ricardo Young, Gilberto Natalini, Antonio Goulart, Toninho Vespoli e Dalton Silvano. A nova lei, o plano diretor, a tarifa zero a partir de 60 anos, o ônibus noturno, o novo plano de arborização e a mudança na iluminação pública da cidade, foram temas abordados pelo prefeito, nesta quarta-feira (18/03), durante a posse dos conselheiros de Segurança Alimentar e Nutricional. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Haddad comentou a atual crise política brasileira. Foto: Heloisa Ballarini / Secom.

Leia também

Últimas notícias