civilidade

Lula e Tarcísio trocam afagos e anunciam túnel Santos-Guarujá

Vaiado pela plateia, governador de São Paulo foi defendido por Lula e caiu na gargalhada com apelo inusitado da plateia: “Volta pro PT, Tarcísio”

Ricardo Stuckert/PR
Ricardo Stuckert/PR
Estranhei vendo ele trabalhar com o Bolsonaro, mas paciência", disse Lula, sobre histórico de Tarcísio nos governos do PT

São Paulo – Durante solenidade em comemoração ao aniversário de 132 anos do Porto de Santos, no litoral paulista, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva oficializou o investimento de R$ 5,8 bilhões para a construção do túnel que ligará Santos ao Guarujá, o primeiro imerso da América Latina. Lula falou dos benefícios desse projeto como um indutor para a geração de empregos na região, e também sobre ganhos de produtividade e de tempo, aprimoramento da logística do setor portuário e impulso à economia.

O túnel beneficiará mais de 5 milhões de pessoas, incluindo o 1,6 milhão de habitantes da Baixada Santista, e os mais de 4 milhões de turistas que anualmente visitam Guarujá e o litoral Norte paulista. Todos os dias, 80 mil pessoas cruzam o canal.

Atualmente, a espera nas filas para cruzar o canal pode se alongar por horas e, com o túnel, as travessias vão demorar menos de dois minutos. Por outro lado, a obra também irá proporcionar mais segurança às embarcações que escalam o porto santista para realizar operações.

Aula de civilidade

Durante o evento na manhã de hoje, Lula deu uma aula de civilidade, e defendeu o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), quando ele foi vaiado. Lula afirmou que o “governador merece ser tratado com muito respeito”.

Lula também disse que “não dá para querer dar um golpe, invadir o prédio de São Paulo. É voltar para casa, se preparar e disputar outra vez e respeitar quem venceu as eleições”. Nesse sentido, a fala de Lula foi uma referência aos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, em Brasília, quando hordas bolsonaristas vandalizaram os prédios na Praça dos Três Poderes.

“O que estamos fazendo não é resultado de uma ideia de um presidente da República, é o resultado da construção coletiva de prefeitos, governadores e Governo Federal, que querem não estragar a oportunidade que o Brasil tem de se transformar em uma economia rica, próspera e que o povo brasileiro melhore as suas condições de vidas. Nós precisamos nos transformar em um país altamente desenvolvido”, destacou o presidente sobre um projeto que existe há mais de 100 anos.

“Volta pro PT, Tarcísio”

Posteriormente, Lula lembrou que Tarcísio trabalhou no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) durante o governo Dilma. Nesse momento alguém na plateia gritou “volta para o PT, Tarcísio”. O governador caiu na gargalhada, assim como o público e as autoridades presentes no evento.

Encontrei com o Tarcísio no meio da Amazônia, trabalhando no gasoduto em Manaus, quando eu era presidente”, continuou Lula. “Depois trabalhou com a Dilma Rousseff. Depois eu estranhei vendo ele trabalhar com o Bolsonaro. Mas paciência, é uma opção dele. E depois ele ganhou de nós nas eleições. O que eu vou lamentar? Eu tenho que parabenizá-lo e preparar para derrotar ele nas próximas eleições”, disse Lula antes de apertar as mãos do governador.

Do mesmo modo, Tarcísio reagiu aos risos novamente. Mais uma vez, Lula fez questão de frisar a parceria em prol do povo de São Paulo. “Eu vim aqui hoje anunciar para o Tarcísio que estamos juntos. Em quem ele vai votar é problema dele”.

Sintonia pelo interesse coletivo

“Imagina o que esse túnel vai representar para cada cidadão, o ganho de tempo, o ganho de produtividade, a quantidade de empregos gerados”, disse o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas. “Ele nasce do entendimento, da parceria, e isso torna esse momento mais emblemático”, completou.

Polo econômico no litoral

De acordo com o presidente da Autoridade Portuária de Santos, Anderson Pomini, o porto gera, atualmente, cerca de 50 mil empregos diretos. “Estamos conectados diretamente com 200 países, 600 locais de destinos. Mas podemos mais”, pontuou. O porto é o maior do hemisfério Sul e responsável por movimentar quase 30% da balança comercial brasileira.

“Entendo a importância do porto no desenvolvimento do país, tendo em vista que mais de 30% da corrente de exportação do país passa por aqui. Fico feliz em ver o que estamos construindo”, afirmou o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho.

Parque da Montanha

Além disso, durante a solenidade, também foram entregues 90 unidades do conjunto habitacional Parque da Montanha, no Guarujá (SP). Ao todo, 649 famílias que vivem em palafitas no Complexo Prainha, em Vicente de Carvalho, às margens do porto, serão beneficiadas. O investimento do Governo Federal, em parceria com a prefeitura local, foi de R$ 58,3 milhões.