Por justiça

Flávio Dino abre inquérito da PF para investigar mortes de Marielle Franco e Anderson Gomes

Portaria publicada hoje pelo ministério anuncia medida para “ampliar a colaboração” na apuração do crime ocorrido há quase cinco anos

Fábio R. Pozzebom/ABr
Fábio R. Pozzebom/ABr
O ministro da Justiça, Flávio Dino: "apurar todas as circunstâncias" das mortes de Marielle e Anderson

São Paulo – Em postagem publicada na manhã desta quarta-feira (22) no Twitter, o ministro da Justiça, Flávio Dino, divulgou portaria pela qual determinou a abertura de inquérito da Polícia Federal (PF) para apurar todas as circunstâncias” do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSol-RJ) e Anderson Gomes, que dirigia o carro em que foram emboscados. O anúncio confirma a intenção, divulgada pelo ministro na semana passada, de que a PF voltaria a investigar as mortes da parlamentar e o motorista.

“A fim de ampliar a colaboração federal com as investigações sobre a organização criminosa que perpetrou os homicídios de Marielle e Anderson, determinei a instauração de Inquérito na Polícia Federal. Estamos fazendo o máximo para ajudar a esclarecer tais crimes”, escreveu Flávio Dino.

Questão de honra

Já em seu discurso de posse como ministro da Justiça, Dino disse ser “questão de honra do Estado brasileiro empreender todos os esforços possíveis e cabíveis para que esse crime seja desvendado definitivamente e nós saibamos quem matou Marielle Franco e quem mandou matar Marielle Franco naquele dia no Rio de Janeiro”.

Marielle Franco e Anderson Gomes foram executados em março de 2018. Prestes a completar cinco anos, os mandantes e as motivações do crime não foram identificados. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou os ex-policiais militares Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz como os assassinos.

Segundo a portaria divulgada pelo ministro da Justiça, o delegado Guilhermo Catramby vai conduzir o inquérito na Polícia Federal.

Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz, denunciados como participantes do assassinato de Marielle e de Anderson


Leia também


Últimas notícias