boca de urna

Depois de arrancada, Witzel supera Paes no segundo turno e vence no Rio de Janeiro

Candidato do PSC obteve quase 60% dos votos válidos, contra 40% do ex-prefeito

divulgação
gov rio de janeiro

Antes nem sequer cotado para o segundo turno, Witzel (esq.) desbancou rivais, inclusive ex-prefeito da capital

São Paulo – Com 4.675.355 votos (59,87% dos válidos), Wilson Witzel (PSC) será o novo governador do Rio de Janeiro. Seu adversário, o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) teve 3.134.400 (40,13%).

Witzel, 50 anos, advogado, ex-juiz federal, bolsonarista, fez sua campanha com discurso de combate à corrupção e de segurança. Chegou a ameaçar de prisão seu próprio adversário. Estava presente no ato em que candidatos partidários de Bolsonaro destruíram placa em homenagem à vereadora Marielle Franco (Psol), assassinada em março.

No primeiro turno, Witzel havia vencido por 3.154.771 votos (41,28%) a 1.494.831 (19,56%).

Votos em branco e nulos somaram 17,06%. Abstenções totalizam 24,07% (2.984.852 eleitores), ante 23,60% no primeiro turno.

Paes, 48 anos, originalmente afilhado político de César Maia, foi vereador, secretário estadual (governo Sérgio Cabral) e prefeito do Rio, pelo então PMDB. Antes foi também filiado ao PSDB, entre outras legendas.